Existe uma petição online para libertar uma elefante que vive sozinha há 13 anos

No jardim zoológico de Bronx, nos Estados Unidos, o animal de 46 anos vive sozinho desde a morte do seu companheiro em 2006.

Happy é uma elefante que vive sozinha num zoo há 13 anos

Yashar Ali/Twitter

No jardim zoológico de Bronx, um distrito da cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, está Happy. Apesar de o nome significar feliz em português, a elefante de 46 anos tem poucas razões para se sentir contente. O animal vive sozinho há 13 anos desde a morte do seu companheiro, Sammy, em 2006.

Há já algum tempo que os ativistas defendem a transferência da elefante para um santuário. Os responsáveis pelo zoo, porém, não o permitem.

No sábado, 1 de junho, cerca de 100 ativistas juntaram-se à porta do jardim zoológico a exigir a libertação de Happy, segundo noticia o “New York Post“. “Quando olham para uma situação cativa como esta, não estão realmente a ver um elefante. Estão a ver uma espécie de concha de elefante”, afirmou Kevin Schneider, do Nonhuman Rights Project, citado pelo “Spectrum News“.

De acordo com o “Bored Panda“, existe uma petição online para libertar Happy, que conta com mais de 703 mil assinaturas — e o número continua a subir. Na última semana, o escritor Yashar Ali utilizou o Twitter para explicar a infelicidade do animal e as razões que levam o zoo a evitar a transferência para um santuário.

“Os elefantes são como nós. Eles celebram nascimentos e choram mortes. E eles crescem deprimidos quando estão isolados. Eles exigem um companheiro ou grupo para serem felizes”, escreveu. Noutra publicação, acrescentou que “existem dois santuários acreditados nos Estados Unidos que estão dispostos a aceitar Happy, o que lhe daria a oportunidade de perambular por um grande terreno e ser cercado por outros companheiros”.

Acontece que o diretor do zoo de Bronx, Jim Breheny, não permite a saída do elefante. De acordo com o escritor, isto acontece por várias razões. Estas são duas: “Por dinheiro (os elefantes são um gerador de receita comprovado) e porque se admitirem que o Happy seria mais feliz num santuário, sabem que podem ser forçados a enviar outros animais.”

Ao todo são 27 os motivos dados por Yashar Ali no Twitter. Este relato do escritor chamou a atenção da deputada de Nova Iorque, Alexandria Ocasio Cortez, que se ofereceu a ajudar a elefante a ser transferida. “Obrigado por me chamar a atenção ao mostrar a situação de Happy. A minha equipa e eu estamos a ver o que é que podemos fazer sobre isto”, escreveu a congressista.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]