Estes são os alimentos que deve comer para proteger os seus dentes

Sabia que o pepino estimula a produção de saliva, que ajuda a manter os dentes limpos? Mas há mais curiosidades.

A água é também determinante para manter uma boa saúde oral

Uma posta de salmão, tomate cereja, pepino, lima, flor de sal, maçã, amêndoa laminada, hortelã e azeite. Estes foram os ingredientes que o Chef Kiko teve ao seu dispor para cozinhar uma receita em menos de 15 minutos, num challenge lançado pela MALO CLINIC. Nesta nova webseries, vários embaixadores da clínica, ligados ao teatro, à música, ao desporto e até à cozinha, estão a ser submetidos a desafios relacionados com o seu trabalho. O chef de O Talho ou O Asiático teve de utilizar ingredientes que tivessem algum benefício para a saúde oral. A flor de sal, por exemplo, é uma fonte natural de flúor, cálcio, magnésio, entre outros minerais. Todos eles ingredientes que, de alguma forma, são importantes para manter os dentes saudáveis e bonitos.

Mas além dos alimentos usados pelo chef, existem outros que pode introduzir na sua dieta habitual e que, além das múltiplas vantagens para a sua saúde, têm vários benefícios para os seus dentes. A MALO CLINIC, especialista em saúde dentária, explica quais são esses ingredientes e porque é que deve consumi-los regularmente.

Laticínios, sardinhas ou feijão (ricos em cálcio)

O cálcio é um poderoso mineral, fundamental ao organismo para manter os ossos e os dentes mais fortes. Pode encontrar cálcio em vários produtos lácteos, como o leite, os iogurtes ou o queijo, e o seu consumo pode contribuir para a remineralização dos dentes e para tornar a boca menos ácida, o que também beneficia a saúde oral. O cálcio está ainda presente em alimentos como as sardinhas enlatadas, o tofu, leguminosas como o feijão e o grão e em legumes cozidos como os espinafres ou os brócolos.

Atum, salmão, ovos (ricos em vitamina D)

Com um papel bastante importante para o fortalecimento dos dentes, por facilitar a fixação do cálcio, a Vitamina D é conhecida por ser naturalmente produzida pelo sol e essencial ao bom funcionamento do organismo.

Contudo, pode encontrá-la noutros alimentos como é o caso do atum, do salmão, dos ovos cozidos, o óleo de fígado de bacalhau, as sardinhas enlatadas ou os cogumelos.

Grão, ervilhas, aveia (ricos em fibras)

Os alimentos ricos em fibras podem ajudar à limpeza dos dentes e gengivas, contribuindo para a remoção de impurezas e, assim, travar o aparecimento de placa bacteriana.

Leguminosas como o feijão preto, o grão-de-bico ou as ervilhas, cereais como a aveia ou a quinoa, frutos como abacate, maçã, pera ou banana, frutos secos como pistachos, amêndoas ou nozes e legumes como as couves, os brócolos ou espinafres são bons exemplos de alimentos ricos em fibras.

Citrinos, morangos, brócolos (ricos em vitamina C)

A vitamina C é fundamental para que tenhamos dentes e gengivas fortes e saudáveis. Por ser um antioxidante poderoso, desempenha igualmente um papel relevante na estabilização do colagénio e na manutenção e reparação dos ossos.

Normalmente, a Vitamina C está associada a citrinos como a laranja ou o limão, mas outras frutas, como os kiwis, morangos, mangas e alimentos como os brócolos, couves ou pimentos vermelhos e verdes são também exemplos de alimentos ricos nesta vitamina.

Sementes, amêndoas e sardinha (ricos em fósforo)

O fósforo é um mineral naturalmente presente em alimentos quer de origem animal, quer de origem vegetal e, tal como o cálcio, é fundamental para manter os ossos e os dentes mais fortes.

Pode ser encontrado, por exemplo, nas sementes de abóbora, na amêndoa, em iogurtes desnatados e outros derivados do leite, na sardinha e também no salmão.

Água

Um bem essencial para o bom funcionamento do organismo, a água é também determinante para manter uma boa saúde oral.

Beber cerca de 1,5 litros de água por dia permite-nos conservar os níveis de hidratação do organismo e, além disso, ajuda a eliminar restos de alimentos, previne o mau hálito e estimula a produção de saliva, fundamental na prevenção de cáries.

Conteúdo produzido pela Magg Lab e patrocinado por:

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]