Parece que foi ontem que o genérico da série “Sexo e a Cidade” passou pela primeira vez na televisão. Parece, mas não é verdade — já lá vão 21 anos. A 6 de junho de 1998 estreava um dos maiores sucessos da HBO, que gerou seis temporadas, dois filmes, criou tendências e eternizou personagens para sempre.

Carrie Bradshaw, Miranda Hobbes, Charlotte York e Samantha Jones eram quatro amigas a viver em Nova Iorque que se juntavam frequentemente e que falavam tão naturalmente de moda como de sexo (ainda que houvesse personagens mais acanhadas, não é Charlotte?).

Mas foi a moda que eternizou a série – não chegasse Carrie a trabalhar para a “Vogue” norte-americana. As quatro amigas personificavam vários estilos, desde o mais clássico ao mais trendy, e talvez tenha sido por isso que o público se virou para a série à procura das novas tendências.

A personagem que talvez tenha suscitado mais interesse a nível de estilo foi Carrie Bradshaw, que tinha uma mestria única para conjugar peças que pareciam não ter nascido para serem combinadas. Muitos foram os looks icónicos da personagem, a começar pelo tutu rosa pálido do genérico da série ao vestido Vivienne Westwood usado no seu quase casamento, no primeiro filme.

Novo livro de “Sexo e a Cidade” vai dar origem a uma série

As peças eram quase todas de marca e muitas rondavam os milhares de euros. Mas ao fim de tantos anos é possível encontrar algumas destas peças à venda no eBay, em bom estado e com preços mais acessíveis. De vestidos a sapatos, descubra 7 peças de Carrie Bradshaw que pode comprar nesta plataforma.

15 fotos