As diferenças e semelhanças entre os atores e as pessoas reais do filme “Rocketman”

O filme esteve para ser censurado em algumas cenas de sexo e drogas, mas acabou por estrear-se esta quinta-feira, 30 de maio, sem cortes.

Elton John revelou que quiseram censurar o filme

David Appleby/Paramount Pictures

“Rocketman” chegou aos cinemas esta quinta-feira, 30 de maio, e veio bem acompanhado de entusiasmo por parte do público — não é todos os dias que chega um filme biográfico de Elton John, um artista com cinco décadas de carreira — e muitas críticas positivas. O “The Guardian” deu-lhe cinco estrelas, o “The New York Times” desfez-se em elogios à narrativa e à prestação de Taron Egerton, o ator que interpreta o músico, e o “The Telegraph” chamou-lhe “um triunfo”.

Mas poderia não ter sido assim. “Rocketman“, o filme que retrata a vida e obra do cantor Elton John, inspirado numa música com o mesmo nome, teve dias difíceis, principalmente para o cantor. No domingo, 26 de maio, Elton John utilizou o “The Guardian” para desabafar sobre o que se estava a passar.

Muitos estúdios queriam censurar algumas cenas do filme — com sexo e drogas —, mas o cantor não achou que fosse o ideal, visto que esses cortes iriam fugir à realidade que viveu ao longo da sua carreira.

“Nunca levei uma vida PG-13 [categoria de filmes para menores de 13 anos]. Não queria que o filme estivesse cheio de drogas e sexo mas, ao mesmo tempo, todos sabem que tive uma boa dose dos dois entre as décadas de 70 e 80. Não faria sentido fazermos um filme onde, depois dos concertos, eu fosse para o meu quarto de hotel apenas com um copo de leite quente e uma Bíblia“, escreveu numa crónica publicada no mesmo jornal.

A verdade é que tudo correu bem e o filme promete retratar quase na perfeição a vida de Elton John. Quase na perfeição estão também as caracterizações dos atores desta produção de Dexter Fletcher. Comprove as semelhanças entre as personagens e as pessoas em que se inspiraram.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]