Assim que clicamos na expressão “Ramiro At Home“, a nova funcionalidade do site da cervejaria, surge a mensagem: “Página destinada a maiores de 18 anos”. Não há aqui mulheres nuas nem cenas de pancadaria. Há, sim, muito marisco. De tal maneira que chega a ser pornográfico, o que pode ajudar a justificar esta interdição a menores.

O lendário restaurante lisboeta, responsável pelas mais longas filas de espera para jantar de que há memória na cidade, decidiu criar um serviço de entrega ao domicilio. De terça-feira a domingo, entre as 12 e as 21h30, é possível fazer uma encomenda de quase tudo o que existe no menu original do restaurante.

5 esplanadas onde se come ótimo marisco em Lisboa

As entradas são simples — pão com manteiga, presunto e queijos — até porque há que dar lugar aos protagonistas da refeição. E aí vêm eles. Há amêijoas à Bulhão Pato (13,50€ a dose), carabineiros (15€ a unidade), gamba do Algarve (7,20€ por 100 gramas), lagosta (85€/kg) e sapateira (28€/kg), entre os 17 pratos disponíveis.

A sobremesa, essa, é outro dos clássicos do restaurante. Não há cá mousses de chocolate, cheesecakes ou arroz doces. A refeição no Ramiro acaba sempre com um prego do lombo (5€), seja no restaurante ou em casa.

A lista de vinhos e cervejas é quase tão longa quanto a de pratos e, aqui sim, talvez esteja a justificação para um site com bolinha vermelha. Há brancos, tintos, champanhes e espumantes.

Agora, esteja atento aos detalhes para que a experiência corra de feição. As reservas são feitas através do número 969 839 472 e o pagamento é feito através de multibanco no ato de entrega (não são aceites pagamentos em dinheiro). 

Toda esta comodidade tem um custo e o valor varia consoante a distância da casa ao restaurante. Para códigos postais entre o 10000 e o 1250, 1350 a 1900 o preço é de 5€; 1300, 1400, 1500, 1600 e 1700, a taxa é de 7,50€. Por fim, os clientes com código postal a começar por 1990 pagam 10€.