Pai de Meghan já se pronunciou sobre o filme dos duques de Sussex

Thomas Markle não gostou da forma como foi retratado no filme. Chama-lhe uma "ficção da treta".

Thomas Markle não marcou presença no casamento da filha com o príncipe Harry

Depois de um filme sobre os primeiros meses de relação de Meghan Markle e do príncipe Harry, estreou-se esta segunda-feira, 27 de maio, a continuação do romance. “Harry & Meghan: Becoming Royal” retrata os momentos vividos antes do casamento.

Se recuarmos até essa altura, podemos lembrar-nos das constantes polémicas do pai de Meghan, Thomas Markle, que deixou a família real britânica desconfortável. As fotos encenadas, o ataque cardíaco e o facto de não ter estado presente no casamento do ano foram só algumas das controvérsias com que Meghan e Harry tiveram que lidar.

É exatamente uma destas polémicas que é retratada no novo filme e que não terá a aprovação do progenitor da duquesa de Sussex. Existe uma cena que recria a conversa que Meghan terá tido com o pai, onde este lhe diz que não poderá estar presente no casamento.

No filme, Thomas diz que teve palpitações no coração em vez de um ataque cardíaco e a ex-atriz chama a atenção para o facto de ter descoberto a situação pelos tabloides. O príncipe Harry intervém na chamada e diz que o sogro não deve falar com os paparazzi em situação alguma. Toda esta conversa leva à reflexão de que Meghan terá de entrar na igreja no palácio de Windsor sozinha, com dois mil milhões de pessoas a assistir pela televisão.

Quem parece não ter gostado desta cena foi Thomas Markle, que em entrevista ao site “TMZ” diz que o filme é “horrível”. Acrescenta ainda que está muito “desiludido” pela forma como é retratado no filme e diz sentir-se “pessoalmente atacado” pela estação televisiva que produz e emite o filme.

O pai da ex-atriz insiste que “não se baldou” ao casamento da filha com o príncipe Harry, como o filme tenta transparecer. À mesma publicação refere que apenas não esteve presente no dia 19 de maio por causa da sua cirurgia ao coração. Uma das maiores queixas de Thomas Markle em relação ao filme é que ele nunca terá dito a Meghan e a Harry que não poderia estar no casamento. Por isso, chama ao filme “uma ficção da treta”.

Como seria de esperar, por parte da família real britânica e dos duques de Sussex não existem comentários sobre o segundo filme feito pela Lifetime TV sobre a história de Meghan e Harry.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]