Há mais um Therapist em Lisboa

O Foodprintz fechou e no mesmo lugar nasce o Therapist. Serve pequenos-alomoços, almoços, lanches e ainda tem aulas de ioga.

Tostas, bowls, doces sem açúcar e panquecas. Há de tudo e para todos os gostos

Assumiu-se como o primeiro restaurante terapêutico do País e, agora, a comida terapêutica é servida a dobrar. Depois do restaurante na LxFactory, o Therapist abre novo espaço em Lisboa, desta vez perto do Marquês de Pombal.

O novo restaurante ocupa aquele que foi o lugar do Foodprintz — um restaurante vegan com aulas de ioga e meditação — que fechou em abril. A filosofia mantém-se semelhante, ainda que o restaurante não seja vegan e tenha pratos com peixe e ovos no menu. Mas o ioga está lá, a meditação também, e todo o espaço foi adaptado para receber ainda mais pessoas que procuram este tipo de práticas.

Therapist

Morada: Rua Rodrigo da Fonseca, 82 A, Lisboa
Horário: 8.30h-8.30h

Parte do chão do restaurante é agora envidraçado para que quem venha apenas comer possa ver a aula que está a acontecer no piso de baixo. Há aulas de ioga quase todos os dias e com diferentes variantes: vinyasa, ioga flow, jivamutki, ioga glow, power ioga e ivengar.

A par destas atividades, há ainda shiatsu, naturopatia, medicina tradicional chinesa e terapia quântica como forma de complementar a comida saudável que é servida no restaurante.

Tal como acontece no espaço da LxFactory, o restaurante terapêutico conta com ementas criadas por uma equipa multidisciplinar com o propósito de dar resposta a quatro objetivos funcionais: reforço do sistema imunitário, aumento da energia e massa muscular, regulação e desintoxicação do organismo, e reforço de antioxidantes para a mente, melhorando a fadiga e disposição geral. É por isso que o menu do Therapist está organizado por estes quatro objetivos funcionais — Immunity, Power, Detox e Mind — e conta com um código de símbolos e cores que ajudam a identificar a refeição ideal para cada situação.

O Therapist ocupa o lugar do Foodprintz, um restaurante vegano que também oferecia aulas de ioga e meditação

Se a ideia é aumentar a energia, por exemplo, o menu Energy é a melhor opção, uma vez que é composto por uma Bowl Power Atum, com atum braseado com sésamo e molho miso, tahini, quinoa, abacate e salada de cenoura com rebentos (8,90€) ou Bowl de Acaí, feita com açaí puro com proteína vegan, banana, frutos vermelhos e bebida vegetal com topping de granola, lascas de coco e frutos vermelhos (5,50€).

Já o Mind, a azul, é o menu pensado para dar um boost de antioxidantes, ómega 3, proteínas e hidratos de carbono complexos, que ajudam na prevenção da fadiga, nas perdas de memória e na melhoria do humor, sono e a boa disposição. Daí que as bowls disponíveis sejam de salmão assado com especiarias, esmagada de batata doce, brócolos com molho de iogurte de soja bio e aromáticas (8,5€) ou de aveia com leite de coco, banana, cacau e especiarias com topping de granola, lascas de coco e pepitas de cacau (5,90€).

A oferta inclui bowls salgadas, bowls doces, panquecas, bruschettas e os produtos utilizados são sempre da época, de origem biológica ou nacional e sustentável. Na cozinha não entram lacticínios, glúten ou açúcares refinados.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]