Em que é que "Chernobyl" acertou e errou?

O bombeiro queimado existiu mesmo, mas o desastre nuclear nunca gerou duas vezes mais radiação do que a bomba atómica em Hiroshima.

Por Fábio Martins