Era capaz de largar tudo por uma casa que viu no Instagram?

Vai querer fazê-lo quando vir a conta de Instagram Cheap Old Houses, que reúne casas incríveis, abandonadas e baratas.

Não se trata apenas de comprar uma casa barata — estas casas vão incentivá-lo a mudar de vida

Abrir a página de Instagram Cheap Old Houses é começar a sonhar. E não precisa de ser um especialista em arquitetura ou decoração para começar a imaginar o restauro perfeito — se for fã de programas de remodelação de casas, vai ser capaz de perceber imediatamente o potencial destas casas. Nas quase três mil publicações, há casas vitorianas, quintas históricas ou pequenos palácios do século XVIII, todas com uma particularidade em comum: preços baratos mas a precisar de uma intervenção.

A Cheap Old Houses é um projeto da Circa Old Houses, uma plataforma de pesquisa de casas históricas. O Circa nasceu em 2013 pela mão de Elizabeth Finkelstein, quando a norte-americana queria adquirir uma propriedade antiga e se apercebeu que não havia nenhum motor de pesquisa que filtrasse tal coisa. Pelos vistos a necessidade não é apenas sua, uma vez que hoje têm qualquer coisa como dois milhões de pageviews por mês.

Mas voltemos à Cheap Old Houses, que nasceu três anos depois. “A conta foi a tempestade perfeita” contou Elizabeth Finkelstein à “The Cut“, num artigo publicado esta sexta-feira, 24 de maio. “As pessoas não conseguem comprar uma casa e eu publico casas acessíveis. As pessoas estão cansadas de viver na internet, e estas casas oferecem a possibilidade de fazer algo concreto, de trabalhar com as mãos”.

De facto, é exatamente disso que se trata. Ao olhar para qualquer uma das casas, é difícil não imaginar Noah, do filme “O Diário da Nossa Paixão“, a mostrar a sua casa de sonho a Allie — completamente destruída, em risco de ruína, mas com uma aura histórica e uma identidade que nenhuma outra casa seria capaz de providenciar. Com muito esforço e dedicação, Noah conseguiu criar uma casa de sonho.

Mas não se trata apenas de comprar uma casa barata — até porque aqui as obras são necessárias, e isso custa dinheiro. É a fantasia de trocar os apartamentos T0 de 20 metros quadrados por uma casa com cinco quartos e dois andares; de abdicar do trânsito em horas de ponta e dos empurrões nos transportes públicos por uma vida mais calma.

“Acho que as pessoas estão a comprar essas casas pela mesma razão que estão a deixar os seus empregos ou, sabe, a fazer pickles artesanais”, diz Finkelstein. “Para as pessoas que estão fartas da cidade ou cansadas de olhar para os computadores dez horas por dia, estas casas oferecem a possibilidade de viver offline”.

Cheap Old Houses tem neste momento 429 mil seguidores. Mostramos-lhe algumas das casas que pode encontrar na página de Instagram.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]