Eat at a Local’s. Convide um turista a comer em sua casa

Os viajantes podem trocar os restaurantes pela casa de quem se inscreve na Eat at a Local's para mostrar o que é comida portuguesa.

São os utilizadores que criam o menu e estipulam os preços e os dias em que se realiza a experiência

A avó de Joana Glória tem uma guesthouse em Lagos. “Passar o Natal com turistas era bastante normal para nós”, conta à MAGG, quase que a justificar o porquê desta aventura de se lançar num negócio que tem também os estrangeiros como cliente principal.

Com o Eat at a Local’s, Joana desafia os portugueses a abrir a casa a estrangeiros, tal como viu a avó fazer tantas vezes. Esta plataforma permite que qualquer pessoa se inscreva para cozinhar em sua casa, e com isso dar a conhecer aos turistas o que de mais tradicional por cá se come.

Joana, que também chegou a gerir guesthouses, percebeu que os turistas que recebia rapidamente trocavam uma ida a um restaurante pelos petiscos que às vezes fazia. Mas o clique só se deu quando uma vez ouviu uma amiga — com quem partilha este gosto pela cozinha — dizer que adoraria receber pessoas para comer em sua casa. “Foi aí que percebi que podia oferecer aos turistas que nos visitam uma experiência muito mais personalizada e próxima de quem cá vive”, explica.

No site da Eat at a Local’s, os interessados em abrir as portas de sua casa fazem um registo, no qual explicam como vai ser a experiência. “A ideia é que seja sempre com base em comida portuguesa”, salienta Joana, ainda que a parte criativa fique a cargo de cada um.

Com cerca de dez experiências disponíveis, o site já permite escolher entre um jantar de peixe e marisco em Vila Nova de Milfontes ou um almoço de comida do norte do País em Paços de Ferreira. Se optar pelo primeiro menu, o turista tem direito a um menu que começa com pão, enchidos, queijo e azeitonas, cataplana de peixe para prato principal, salada de fruta para sobremesa e ainda com direito a bebidas e café. Custa 35€ por pessoa e Pedro Lebre, o organizador, ainda se disponibiliza para dar um passeio por Milfontes com os turistas que o visitem.

Já na segunda opção, a proposta engloba um menu com pão caseiro, enchidos, pataniscas, queijo e azeitonas e isto só para entrada. Como prato principal, a proposta é bacalhau com broa e a sobremesa é rabanada com redução de vinho do Porto e frutos secos. Sumos, águas, vinho, digestivos e café também estão incluídos e toda a experiência custa 50€.

Cabe ao utilizador criar o menu, escolher os preços e os dias, pôr fotografias e tratar de eventuais ofertas ou atividades extra. Já ao turista cabe apenas escolher em casa de quem quer comer na próxima visita a Portugal.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]