Penúltimo episódio de “A Guerra dos Tronos” tem a pior classificação de sempre

A dias do final da popular série, o episódio do ataque a King's Landing não foi bem recebido — e a internet já reagiu.

O desfecho de Cersei foi amplamente criticado nas redes sociais

IMDB

A pouco menos de uma semana da estreia do derradeiro episódio de “A Guerra dos Tronos”, a quinta parte da história, transmitida na segunda-feira, 15 de maio, dividiu os fãs (e caso ainda não tenha visto o penúltimo episódio, é aqui que deve fechar este artigo).

O episódio com o título “The Bells” foi, de acordo com os fãs, tão confuso e frustrante que estes acabaram por o classificar como o pior de sempre: no site “Rotten Tomatoes” tem uma pontuação de 49%, sendo que o segundo episódio com pior classificação é o sexto capítulo da quinta temporada, “Unbowed, Unbent, Unbroken”, que tem 54%.

Apesar do frenesim com a chegada desta última temporada, os resultados não têm sido incríveis — também o quarto episódio da oitava série, transmitido a 6 de maio, tinha tido a baixa classificação de 57%, o que coloca esta temporada com uma média de 74%, longe dos números da quarta série, a melhor pontuada de “A Guerra dos Tronos”, com 97%.

E o que levou os fãs a receberem tão mal este episódio, ao ponto de o tornarem no pior classificado de sempre da história da série? Há muito por onde escolher.

Enquanto uns criticaram fortemente o ataque mortífero de Daenerys Targaryen a King’s Landing depois de a cidade se render, numa atitude que lhe deu oficialmente o título de Rainha Louca (numa alusão ao seu pai, Aerys Targaryen, conhecido na série como o Rei Louco), outros fãs não gostaram do desfecho romantizado de Cersei Lannister ou mesmo do regresso às origens do seu irmão gémeo, Jamie, que parecia ter deixado os seus dias de vilão no passado.

Como não podia deixar de ser, a internet não tardou a fazer-se ouvir e foram muitas as reações nas redes sociais, principalmente no Twitter.

“Só queria entender o propósito do arco narrativo da Danny. Se queriam um Targaryen louco, Viserys estava logo ali. Porque é que a deixaram crescer de uma rapariga abusada para salvar escravos e ajudar pessoas durante sete temporadas apenas para estragar a personagem nos últimos dois episódios? Nojento”, foi uma das publicações de um dos muitos utilizadores da conhecida rede social.

Mas há quem também tenha usado o humor para condenar a morte de uma das maiores vilãs da série: “Melhores formas para matar a Cersei. 1. Jamie mata a Cersei. 2. Rei da Noite mata a Cersei. 3. Arya mata a Cersei. 4. Drogon mata a Cersei. 15. Bran assume o corpo de Cersei e comete suicídio. 146. Cersei apanha pneumonia e morre. 1672. Morre soterrada por pedras”.

Apenas a um episódio do final, as fichas estão todas centradas na sexta e última parte da história, para que a classificação geral de “A Guerra dos Tronos” volte a subir. A série regressa, pela última vez, aos ecrãs portugueses na segunda-feira, 20 de maio — pode assistir ao episódio a partir das 2h na HBO Portugal, ou às 22h15, no canal SyFy.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]