Há dois anos, os Simpsons previram o desfecho do 5.º episódio de “A Guerra dos Tronos”

O insólito aconteceu no primeiro episódio da 29.ª temporada da série, em 2017, e envolveu um dragão e muito fogo. Este artigo tem spoilers.

"Olhem, aquele dragão está a queimar a nossa cidade", diz Bart Simpson

Quando o primeiro episódio da 29.ª temporada de “Os Simpsons” estreou, em 2017, talvez só os fãs mais atentos à saga de George R.R. Martin se aperceberam de que estava a ser feita uma previsão daquilo que ia acontecer mais tarde na série. E a verdade é que, quase dois anos depois, o quinto episódio da última temporada de “A Guerra dos Tronos” confirmou isso mesmo.

O episódio de “Os Simpsons” colocou as personagens amarelas num universo fantasioso e medieval que era em tudo semelhante ao da série HBO. Até porque, a certa altura, há um dragão que queima a cidade toda.

“Olhem, aquele dragão está a queimar a nossa cidade”, ouve-se Bart a dizer no episódio. E não demorou muito para que os fãs de ambas as séries utilizassem as redes sociais para comentar mais uma previsão de “Os Simpsons”.

É que no mais recente episódio de “A Guerra dos Tronos”, Daenerys (Emilia Clarke) decide queimar King’s Landing mesmo depois de as tropas de Cersey (Lena Headey) se terem rendido. Estava, assim, feita a transição de Daenerys, a rainha benevolente, para a rainha louca que não olha a meios para chegar ao trono que julga ser seu por direito

“‘Os Simpsons’ voltam a prever o futuro”, escreveu um utilizador no Twitter. Já outro mostrou-se incapaz de perceber como é que a série da Fox era capaz de prever, com tanto sucesso, tantos eventos dentro ou fora da ficção.

“Isto é estranho como tudo. Como é que ‘Os Simpsons’ souberam da Rainha Louca muito antes de todos?”, lê-se na publicação.

Esta é a mais recente previsão das personagens amarelas depois de terem previsto a chegada de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos ou a compra dos estúdios Fox pela Disney.

Já em meados de 2010, por exemplo, as personagens Homer e Marge Simpson subiram ao pódio da competição de curling e arrecadaram a medalha de ouro depois de terem vencido a Suécia — que se veio a verificar verdade oito anos depois quando, a 25 de fevereiro, a equipa norte-americana bateu a Suécia nos Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang, na Coreia do Sul.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]