Quando, no final de 2013, Michael Schumacher se encontrava nos Alpes franceses a esquiar com o filho de 14 anos, nunca pensou que aquele momento fosse terminar em tragédia. O piloto profissional de Fórmula 1 caiu e bateu com a cabeça numa rocha, num acidente que o deixou entre a vida e a morte.

Durante quase seis anos, quase nada se soube sobre o estado de saúde de Schumacher. De acordo com o “Observador“, as últimas notícias do antigo piloto de 50 anos datam de 2014, numa altura em que acordou do coma induzido e saiu do Hospital Universitário de Lausanne, na Suíça. Naquele momento a luta passava a ser outra: a da reabilitação em casa.

Os bilhetes de cinema vão estar a 2,50€ em todo o País

Mas, agora, vai ser possível saber como tem vivido o antigo campeão mundial de Fórmula 1. Segundo o jornal britânico “The Times“, citado pelo “The Sun“, vai ser lançado um documentário sobre a vida de Schumacher. O trailer será divulgado esta semana, com o decorrer do Festival de Cannes.

A produção, realizado por Michael Wech e Hanns-Bruno Kammertons, vai contar com imagens e entrevistas inéditas à família do antigo piloto alemão. Espera-se, até, que em “Schumacher”, a mulher Corinna e o pai de Michael falem pela primeira vez sobre o que aconteceu em 2013.

Prémios BAFTA TV. “Killing Eve” venceu “Bodyguard” e é a Melhor Série de Drama

O mesmo jornal indica que o documentário vai estrear a 5 de dezembro na Alemanha e na Suíça, mas os direitos de licença estrangeira vão estar estar disponíveis durante o festival de cinema. Isto significa que as grandes plataformas de streaming, como a Netflix ou a HBO, vão ter a oportunidade de negociar os direitos de transmissão.