“A Guerra dos Tronos”. Emilia Clarke falou finalmente sobre o copo de chá — e garante que não era dela

A HBO disse que o chá de ervas tinha sido pedido por Daenerys, no entanto parece que não foi bem assim. A atriz explica com humor.

Aparentemente o copo não pertencia a Daenerys

HBO

O novo episódio de “A Guerra dos Tronos” estreia na segunda-feira, 13 de maio, mas ainda ninguém esqueceu o que se passou no anterior — sobretudo por causa do copo de chá que apareceu em frente a Daenerys (Emilia Clarke).

No último episódio da série da HBO, os fãs repararam num copo fora do comum para o ambiente vivido em Winterfell. Os erros acontecem, e em “A Guerra dos Tronos” podemos contar uns quantos — da batata ao bebé que nunca mais crescia, já vimos uns quantos. Mas quem viu a cena do copo não perdoou e as reações começaram a surgir nas redes sociais.

Perante tamanha polémica em torno de um simples copo de chá, a equipa por detrás da série reagiu depressa. Em declarações à revista “Variety“, o diretor de arte afirmou que “a bebida que apareceu no episódio foi um erro”, esclarecendo que “Daenerys tinha pedido um chá”. Hauke Ritcher acrescentou ainda que toda a polémica em torno do sucedido tomou proporções fora do normal “porque nunca aconteceu algo idêntico em ‘A Guerra dos Tronos’ até agora”.

Mas também há quem acredite que o copo foi uma montagem feita por um fã, e que nunca chegou a aparecer realmente na série.

“Não acredito que isto tenha acontecido. Os nossos aderecistas e decoradores estão focados a 1000% e não consigo acreditar nisto, honestamente. Até porque, hoje em dia, as pessoas conseguem colocar objetos que não existem numa fotografia com imensa facilidade. Mas acredito que tenha ficado lá, não tenho a certeza, mas ok. Pedimos desculpa!”, afirmou a produtora executiva Bernadette Caulfield, em declarações à rádio WYNC.

Mas quem é o culpado pelo aparecimento do copo? Aparentemente não é Emilia Clarke. A atriz que interpreta o papel de Daenerys partilhou uma fotografia no Instagram ao lado de Khal Drogo (Jason Momoa) e de Tyrion (Peter Dinklage), revelando que o copo não era dela — mas também não diz a quem é que pertencia.

“Será que acabei de tropeçar na verdade? A copeira [oficial responsável por servir as bebidas na mesa real] não bebeu o chá da Starbucks. Ah, e isto não é um spoiler, apenas um viajante perdido a regressar a casa para um chá no meio das filmagens. @prideofgypsies és tão quente que até fazes o meu cabelo ficar azul”, escreveu na legenda da fotografia.

A verdade é que a série sofreu alterações e o copo nunca mais voltará a aparecer na exibição do quarto episódio da oitava temporada. Mas toda esta situação deixou uma questão no ar: afinal o copo é ou não da Starbucks?

Ao contrário do que se tem escrito, a resposta é não. “O copo não é da Starbucks, mas sim de um café local perto de onde decorreram as filmagens em Banbridge, na Irlanda do Norte”, revelou o diretor de arte, Hauke Ritcher, em declarações ao “TMZ“.

No entanto, a empresa norte-americana foi quem mais ganhou com toda esta situação. Segundo Stacy Jones, CEO da empresa de marketing Hollywood Branded, citada pela “CNBC“, a Starbucks lucrou mais de dois mil milhões de euros graças à publicidade gratuita.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]