“Já acordaste com aquela sensação de que gostarias de não ter de seguir as regras, os horários e as responsabilidades que te são impostas?”. É esta a primeira pergunta que aparece assim que abrimos o site do Mytho. Olhamos lá para fora, vemos a chuva, reparamos no sofá mesmo a pedir que nos sentemos e enrolemos numa manta e apetece-nos responder que sim imediatamente.

“Tu e só tu controlas a tua vida”, continua. Voltamos a olhar lá para fora e desta vez também para o relógio, que já avançou uns minutos até à hora que teríamos de sair de casa para chegar a tempo ao trabalho.

Há uma nova escola de ioga em Lisboa — e esta parece uma casa

Mas afinal, que movimento é este que já nos deixou inquietos logo de manhã? Chama-se Mytho e descrevem-se como um movimento de pessoas que partilham o mesmo ideal e celebram a vida através de novas experiências. A boa notícia? Juntam-se este sábado, 11 de maio, em Lisboa, para um festival onde mostram as potencialidades de viver de uma forma desprendida.

O evento acontece durante a manhã no Okah, o restaurante e rooftop que abriu no ano passado na zona do Cais da Rocha Conde de Óbidos.

Das 9h30 às 14h30, o evento conta com um pequeno-almoço saudável, seguido de uma sessão de ioga do riso com Sabrina Tacconi, fundadora do congresso “Rir é Saúde” e autora do livro “O Riso na Minha Vida“. E para quem nunca experimentou esta prática, a professora explica que o ioga do riso “Combina exercícios de respiração profunda com exercícios de riso passando assim do riso ‘induzido’ ao riso verdadeiro e genuíno.”

Há ainda uma sessão de Rhythm Flow Motion, uma prática que propõe experienciar o ritmo e som de forma autêntica, através do canto, das palmas e do movimento do corpo.

Okah. No topo destes contentores há um novo rooftop asiático com cocktails e coisas para comer

A festa continua com um DJ, que dá música a quem queira ficar a aproveitar o espaço e a vista sobre o Tejo depois das sessões. Paralelamente, vai estar montado um mercado onde vai ser possível encontrar sabonetes artesanais, bijuteria, roupa e comida vegan.

Os bilhetes custam 18€ e podem ser comprados à porta ou no site da organização. A partir das 12h30 o espaço fica aberto a todos os que queiram participar.