Porque é que Jon Snow não se despediu de Ghost?

Os fãs ficaram furiosos depois de Jon não ter feito uma festa a Ghost no quarto episódio da série. Mas há uma explicação simples.

Ghost é o lobo fiel que acompanha Jon Snow desde o início da primeira temporada

Depois da batalha com os White Walkers, foi altura de as personagens principais rumarem para sul para enfrentar Cersei e o seu exército real. Isso significou algumas despedidas. Além de Tormund, Jon Snow (Kit Harrington) viu-se obrigado a deixar Ghost, o lobo gigante que o acompanhava desde a primeira temporada, para trás — e os fãs não gostaram da forma como a despedida aconteceu.

Após a estreia do episódio na segunda-feira, 6 de maio, foram vários os seguidores de “A Guerra dos Tronos” que reagiram nas redes sociais. Em causa estava o facto de o lobo, ferido durante a batalha com os White Walkers, não ter sido acarinhado por Jon antes de irem para locais opostos.

“O Ghost perdeu uma orelha na batalha e o Jon nem foi capaz de lhe dizer adeus. Como assim?”, escreveu um utilizador no Twitter.

Já outra utilizadora mostrou-se desgostosa depois de ver a cena em questão: “O meu único comentário em relação a ‘A Guerra dos Tronos’ é que chorei com o adeus e o Jon nem foi capaz de lhe fazer uma festa. Estou a morrer de desgosto.”

Ao “The Huffington Post”, o realizador David Nutter diz que a cena foi filmada daquela forma por uma questão prática. “Visto que os lobos gigantes são criações com base em efeitos especiais, sentimos necessidade de tornar toda aquela interação o mais simples possível. E creio que ficou um momento muito mais poderoso.”

E continua: “Ao manter uma certa distância de Ghost, deu a oportunidade de Jon estar mais tempo com Tormund e Gilly antes de se despedirem.”

Mas esta não é a primeira vez que a presença do lobo na história causou dificuldades aos responsáveis pela série. No final de 2018, já Joe Bauer, responsável pelos efeitos especiais, tinha explicado como “os lobos tinham de ser filmados e depois aumentados em produção.”

O problema, segundo explica, é que os animais reagem de maneira muito específica que nem sempre é possível de editar ou replicar na altura de fazer o processamento de imagem.

Ainda à mesma publicação, Kristofer Hivju, o ator que dá vida a Tormund, defendeu a atitude de Jon Snow em deixar o lobo para trás.

“Acho que o Jon teve razão porque ele sabe que o sul não é lugar para um lobo. Até porque no início da história eles mataram um dos lobos lá. O Ghost está melhor a Norte [de Westeros]”, concluiu.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]