Pais vão poder definir limites ao uso de telemóvel pelos filhos

Podem limitar as horas de uso, as apps que instalam e até dar um tempo bónus, caso pretendam. Nova definição está a ser criada pela Google.

A app Family Link está disponível para iOS e Android, mas no Android terá novas funcionalidades

Decidir qual a altura certa para dar um telemóvel a uma criança é um desafio. Por um lado, os pais acham sempre que é muito cedo, por outro não querem que os filhos se sintam excluídos do grupo de amigos, já todos de telemóvel na mão. Mas quando a decisão é tomada, cabe aos pais estabelecer algumas regras para a utilização do aparelho e há cada vez mais formas de o fazer.

A Google acaba de anunciar uma nova ferramenta de controlo parental para Android, que vai permitir aos pais limitar o tempo que os filhos passam em cada aplicação. A empresa aposta na utilização da Family Link, uma aplicação lançada há dois anos que ajuda os pais a gerir a forma como os filhos usam o telefone, e vai integrá-la nas definições da mais recente versão Android, a Android Q.

Dessa forma, não será necessário fazer o download da app. Os pais poderão, através das definições dos seus telemóveis, estabelecer limites na atividade dos filhos, como o tempo que por lá passam, as apps que instalam, e até definir a hora em que deverão ir para a cama e a partir da qual o telefone fica bloqueado. 

Apesar de os utilizadores de Android já poderem ter estas opções através da app Family Link, além de não terem que a descarregar, também terão novas ferramentas disponíveis. O Snapchat e o Instagram passam a estar na lista de apps que os pais podem limitar e será ainda acrescentado um botão que permite dar um tempo bónus aos filhos para poderem usar o telemóvel mais alguns minutos.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]