George R. R. Martin garante que há 3 spin-offs de “A Guerra dos Tronos” em desenvolvimento

A HBO ainda não confirmou a informação. Mas um executivo do canal já assumiu que um spin-off de GOT deve mesmo acontecer.

Jon Snow é uma das personagens mais populares de "A Guerra dos Tronos"

IMDB

A luta pelo trono de ferro está cada vez mais perto do fim: o quarto episódio de “A Guerra dos Tronos” já está disponível na HBO Portugal e restam apenas dois capítulos para a história baseada nos livros de George R. R. Martin chegar ao fim.

Mas se já está a pensar no que vai ser a sua vida sem Jon Snow e companhia, o autor da saga pode ter boas notícias para si: de acordo com George R. R. Martin, a HBO está a preparar três spin-offs (ou novas histórias que surgem de uma original) inspirados na popular série de televisão que nos fez ficar agarrados aos ecrãs nos últimos anos — e temer o inverno como nunca.

No blogue que utiliza para manter os fãs a par dos acontecimentos relacionados com o universo de Westeros e não só, George R. R. Martin garante que existem planos para mais séries inspiradas nos seus livros: “Temos cinco programas de continuação (não gosto do termo spin-off) de ‘A Guerra dos Tronos’ em desenvolvimento na HBO, e três deles estão a avançar bem”. O autor avança ainda que um deles deve começar a ser filmado ainda este ano e os outros dois estão ainda em fase de criação do guião.”

No entanto, ainda não existe uma resposta oficial da HBO que confirme estas notícias. Aliás, há dois anos, Casey Bloys, o presidente de programas da HBO, disse à “Entertainment Weekly” que não deverão existir tantas séries do universo de “A Guerra do Tronos” como as anunciadas na imprensa.

“De um modo geral, anda tudo a dizer que existem quatro spin-offs em desenvolvimento, e assumem que todas vão acontecer. Isso significaria que teríamos uma nova série de “A Guerra dos Tronos” a estrear a cada trimestre”, afirmou Casey Bloys, que garantiu que tal não era a realidade.

À mesma publicação, o executivo da HBO afirmou que a ideia “não é fazer quatro séries” e que as expetativas estão demasiado altas para isso acontecer. “A fasquia criada pelos autores [de “A Guerra dos Tronoa] está muito elevada e a minha esperança é que consigamos ter um programa que mantenha a qualidade da série original”, disse Casey Bloys.
Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]