Rami Malek vai ser o vilão do último filme de Daniel Craig como 007

O elenco foi anunciado a partir da Jamaica a 25 de abril, mas a última aventura de Daniel Craig como Bond só chega ao cinema em 2020.

O ator de "Bohemian Rhapsody" garantiu que não vai facilitar a vida a James Bond

Michael Parmelee/USA Network( (IMDB)

Foi num cenário idílico, a partir de uma praia na Jamaica, que o elenco oficial do próximo filme da saga 007 foi anunciado esta quinta-feira, 25 de abril. Daniel Craig, que dá vida ao agente secreto James Bond pela quinta e última vez, esteve presente neste lançamento oficial da produção do filme, que deverá estrear-se a 8 de abril de 2020.

Depois de muitos rumores, o nome da Rami Malek foi confirmado como parte do elenco, onde deverá interpretar um vilão à altura de 007. Apesar de não se ter juntado a Daniel Craig e a outros companheiros da produção, o ator vencedor de um Óscar pela sua interpretação em “Bohemian Rhapsody” deixou uma mensagem em vídeo.

“Estou preso em Nova Iorque numa produção, mas estou muito entusiasmado por me juntar ao elenco e à equipa”, disse Rami Malek. “Vou fazer questão de não facilitar a vida ao senhor Bond neste 25.º filme. Vejo-vos a todos em breve.”

Para além de Daniel Craig e de Rami Malek, o filme vai contar com Ralph Fiennes e Ben Wishaw nos papéis de M e Q, respetivamente, bem como com Naomie Harris, que volta a interpretar Moneypenny. Lea Seydoux também regressa aos filmes da saga como Madeleine Swann, a “bond-girl” de “Spectre”. Ana de Armas, que conhecemos de “Blade Runner 2049”, será uma das caras novas que se junta ao projeto.

Realizado por Cary Joji Fukunaga, o projeto é, até agora, conhecido como “Bond 25”: apesar da esperança dos fãs, não foi revelado o título oficial neste lançamento de arranque de produção.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]