Helena Costa: “Tenho medo que me tenham levado as cadelas para lutas de cães”

Neste domingo de Páscoa desapareceram as cadelas da atriz Helena Costa. Ela lançou um apelo, mas tem medo de não as voltar a ver.

A cadela branca, Julieta, tem três meses e meio e está com Helena Costa apenas há sete semanas

“Animal lover” é como a atriz e blogger se descreve na sua página de Instagram. Helena Costa tem uma casa cheia de animais, com gatos, cabras e cadelas. Neste domingo de Páscoa, 21 de abril, as cadelas de Helena Costa desapereceram.

Enquanto a atriz estava num almoço em Vila Franca de Xira, Tacuara e Julieta fugiram de casa, na zona de Janes, Malveira da Serra. E foi através das redes sociais que Helena Costa pediu ajuda para encontrar as cadelas.

À MAGG, Helena Costa partilhou o seu receio em relação à possibilidade de alguém as ter levado já com uma ideia definida: “Tenho medo que me tenham levado as cadelas para lutas de cães”. Podem também simplesmente ter querido ficar com elas, principalmente com a mais pequena, que é uma Dogue Argentina, ainda bebé. A atriz avisou ainda que Tacuara pode ser perigosa e morder, se estiver assustada.

Julieta, à direita, tem apenas três meses e meio

“A Julieta tem um olho de cada cor! Estou desesperada às voltas! Por favor, se as virem, digam alguma coisa. Assim que eu tiver novidades, digo logo, porque sei que muita gente está a sofrer comigo. Obrigada pelas partilhas”, pode ler-se na publicação do Instagram, que conta também com a fotografia dos cães e o contacto telefónico.

Helena Costa explicou ainda através dos Stories, que Tacuara, Fila de São Miguel, por vezes sai de casa, através de um cantinho menos protegido que tem no terreno, para dar umas voltas, mas que volta sempre passados dez minutos. Desta vez, a cadela mais nova, também saiu. “A Julieta brinca uns 10 ou 20 minutos e logo a seguir adormece, porque é muito bebé. Acredito que a Tacuara a está a proteger e só volta quando conseguir trazer a bebé. É uma das esperanças que nós temos”, explica nos Stories.

Grávida de gémeas, Helena Costa passou parte da noite de domingo à procura das cadelas, até ter tido um incidente com o carro, que teve de ser rebocado. “Não dormi nada. Só sonhava com elas, quando dormia.” O dia de hoje será passado da mesma forma, em busca das duas cadelas, e a espalhar panfletos com as imagens das duas.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]