7 desgraças e tragédias dos atores de “Morangos com Açúcar”

Faz 13 anos que Dino morreu. A MAGG recorda outros dramas que envolveram os atores, como a prisão por posse de droga ou ataques violentos.

Angélico, Sónia Brazão e Francisco Adams participaram nas primeiras temporadas da série "Morangos com Açúcar"

A 16 de abril de 2006, depois de uma noite de diversão no Clube In Campo, em Coruche, Francisco Adam morreu ao volante. Faz precisamente esta terça-feira, 16 de abril, 13 anos que o eterno Dino da série “Morangos com Açúcar” teve morte imediata quando perdeu o controlo do carro. Segundo o “Correio da Manhã”, o Renault Clio que o ator de 22 anos conduzia terá embatido nos separadores, tendo ficado esmagado de seguida no embate contra os eucaliptos que se encontravam no local.

No mesmo carro seguiam Filipe Diegues, que sobreviveu com ferimentos ligeiros, e Osvaldo Serrão, que lutou pela vida durante 12 dias no Hospital de Santa Maria e que, após ser transferido para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, acabou por morrer.

Francisco Adam morreu com 22 anos

Segundo a mesma publicação, terão sido encontrados vestígios de cocaína no organismo de Francisco Adam em “quantidade relativamente significativa”, assim como anfetaminas e cafeína que servem de estimulantes para aumentar e potenciar os efeitos da droga. Também nas análises clínicas a Osvaldo Serrão foram encontrados vestígios dos mesmos estupefacientes.

Quando Francisco morreu, as gravações da série ainda estavam a decorrer, por isso houve um episódio dedicado à despedida de Dino.

Mas as tragédias de “Morangos com Açúcar” não se ficam por aqui. Ao longo dos anos, foram vários os atores que tiveram problemas com o excesso de velocidade, explosões ou esfaqueamentos. Relembramos as tragédias que ocorreram com atores de uma das séries mais conhecidas dos anos 2000.

1. Angélico Vieira e o fatídico acidente de viação

Angélico Vieira faleceu em 2011

Na madrugada de 25 de junho de 2011, o ator Angélico Vieira viajava do Porto para Lisboa, onde, dias mais tarde, iria apresentar o seu novo single na festa “Morangomania”, na praia Santo Amaro de Oeiras.

Na A1, o carro despistou-se após ter perdido o eixo da roda traseira, perto de Estarreja. No tribunal foi também confirmado que o carro seguia em excesso de velocidade. Segundo o “Correio da Manhã”, o ator de “Morangos com Açúcar” terá sido levado em estado muito grave para o Hospital de Santo António, no Porto.

O ator terá sido encontrado inconsciente e encarcerado no carro. No veículo seguiam três passageiros: Armanda Leite, que estava inconsciente no chão e que teve ferimentos irreversíveis, Hélio Filipe, cujo corpo foi projetado para a estrada e colhido por outro carro, e Hugo Pinto, que sobreviveu com ferimentos ligeiros.

O ex-namorado de Rita Pereira foi levado de emergência para o hospital onde enfrentou uma cirurgia de cinco horas. No dia 27 de junho, o estado do ator piorou significativamente. Às 15 horas do dia seguinte, o seu estado clínico foi considerado irreversível e durante a tarde foram realizados exames que confirmaram a morte cerebral. No dia 28 de junho, às 23 horas, foram desligadas as máquinas.

2. Tiago Felizardo e os 60 pontos na cara

Tiago Felizardo está numa relação com a atriz Matilde Breyner

No dia 20 de maio de 2007, na discoteca Loft, em Lisboa, alguém lhe terá dito: “Não gosto da tua cara”. Tiago reagiu à provocação e a pessoa em questão atirou um copo à cara do ator. Segundo o “Público“, o jovem de 17 anos ficou internado no Hospital de São José em Lisboa.

Tiago Felizardo levou 60 pontos na cara e mais alguns nas costas, e teve de ser submetido a algumas cirurgias plásticas. A irmã que estava consigo levou 12 pontos no braço e um amigo ficou com marcas na testa. Segundo o pai de Tiago, no momento o ator terá sido agarrado e levado para a casa de banho enquanto o agressor se foi embora.

3. Tomás Santos e a prisão por tráfico de droga

O ator é pai de dois filhos

Apesar de não pertencer ao núcleo central de “Morangos com Açúcar”, Tomás Santos não era um nome desconhecido. Mas depois da sua participação na série, foi preso várias vezes. Segundo o jornal “Sol”, em 2013 o ator terá fugido à polícia com o filho menor. Posteriormente foi encontrado e transportava consigo droga suficiente para que fosse preso preventivamente.

De acordo com a revista “VIP”, em 2015, Tomás Santos acabou detido devido a acusações de tráfico de droga. O ator estaria dentro de uma rede que fornecia a zona de Sintra. Em 2017, o ator saiu em liberdade por excesso de prisão preventiva.

Em 2018, voltou à prisão e viu novamente o seu nome envolvido numa polémica. Preso por tráfico de droga na prisão de Caxias, Tomás Santos foi apanhado em escutas a subornar um guarda prisional com o objetivo de introduzir droga no estabelecimento.

4. João Baptista e as agressões num estabelecimento

João Baptista fez de Pedro em "Morangos com Açúcar"

Novo caso de agressão. Desta vez o interveniente é o ator João Baptista. Em agosto de 2018, João foi agredido com violência na sua terra natal, Vila Franca de Xira, numa pastelaria. Em entrevista ao programa “Maluco Beleza”, de Rui Unas, o ator falou da sua experiência. “Podiam ter-me matado se não estivessem pessoas à volta”, disse a determinada altura.

Tudo começou quando um grupo de dez rapazes abordou o ator para fotografias e autógrafos. João Baptista negou mas diz que o fez educadamente. “Fui asfixiado, e estive a levar no focinho desmaiado”, revelou. Segundo a “Nova Gente”, o ator terá sido submetido a uma cirurgia maxilo-facial no Hospital de São José, em Lisboa.

Passados uns meses, em fevereiro deste ano, o ator voltou a ser notícia por, alegadamente, agredir a ex-namorada, Dina Kelly. O ator é acusado de violência doméstica e a acusação já terá dado entrada no Tribunal de Loures.

5. Bruno Simões e o fatídico ataque cardíaco

Bruno Simões faleceu em 2012

Segundo o site “A Televisão”, que falou com um amigo próximo do ator depois da sua morte, o ator terá começado a sentir-se mal a 8 de outubro de 2012. A indisposição com dores no peito e braços dormentes levou-o ao hospital. Aqui detetou-se um indício de enfarte e Bruno Simões foi “submetido a um cateterismo”. O ator teria estado alguns dias internado e depois regressou a casa. “Ele disse-me que tinha sido tratado lindamente e que estava muito bem-disposto”.

No dia 12 de outubro, o ator sofreu um ataque cardíaco fulminante e não foi possível salvá-lo. “A mulher e a mãe ainda chamaram o 112, tentaram reanimá-lo, mas já não foi possível fazer nada” contou o amigo de Bruno Simões.

6. Sónia Brazão ficou com 90% do corpo queimado

Depois da explosão, a atriz não voltou à televisão

Foi a 3 de junho de 2011 que se deu uma enorme explosão no número 73 da Avenida da República, em Algés. A casa em questão era da atriz Sónia Brazão, que ficou com mais de 90% do corpo queimado. A explosão viria a estragar dezenas de viaturas estacionadas nas imediações da casa, bem como os imóveis vizinhos.

O “Público” relata que nos exames realizados à urina e ao sangue, a triz acusou 0,98 gramas por litro de álcool no dia a seguir à explosão, perfazendo 4.27 gramas por litro de álcool na altura da explosão. Foram também detetadas “substâncias canabinóides, opiáceos e benzodiazepinas (ansiolíticos)”.

Em tribunal, Sónia Brazão foi condenada a três anos de prisão com pena suspensa por ter ficado provada a conduta negligente, bem como a intenção de se suicidar aquando da explosão. No entanto, segundo a mesma publicação, “não se provou que tenha agido com a consciência de que isso poderia causar danos a terceiros”. Depois da tragédia, Sónia Brazão não voltou à televisão.

7. Pedro Rodil, de ator à arrumador

Atualmente, o ator faz parte do elenco de "Alguém Perdeu"

Foi um dos protagonistas da série “Morangos com Açúcar” mas a fama durou pouco. Em entrevista à revista “VIP” em 2014, o ator confirmou que estaria a trabalhar como arrumador de carros. “Não é uma situação fácil, mas continuo a fazê-lo até hoje”, disse. Apesar do trabalho como instrutor de mergulho, Rodil precisava de outra forma de sustento. Na mesma entrevista confidenciou que houve vezes em que não tinha dinheiro para beber um café. Em 2019, o ator voltou à televisão na novela “Alguém Perdeu”, que estreou a 18 de março na CMTV.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]