Ninguém estava à espera que isto acontecesse. A 16 de abril de 1912, um dia depois do naufrágio, o jornal “The New York Times” mostrava na capa uma fotografia do navio mais imponente de sempre. “Titanic afunda quatro horas depois de bater num icebergue”, lia-se em letras garrafais. Por cá, “A Capital” escrevia que “era quase certo que morreram 1.525 pessoas”.

O número estava relativamente certo. O RMS Titanic, um navio de passageiros britânico que a White Star Line assegurava que ninguém podia afundar — nem sequer Deus — embateu num icebergue às 23h40 do dia 14 de abril. Estavam 2.435 pessoas a bordo. Nas três horas que se seguiram, a ausência de botes de salva-vidas para todos fazia prever uma catástrofe. Até hoje, o naufrágio do Titanic permanece como um dos maiores desastres marítimos de sempre.

Esta segunda-feira, 15 de abril, celebram-se 107 anos desde essa trágica noite. Imortalizado no cinema por James Cameron (“Titanic“), mais de 100 anos depois a história dessa viagem continua a gerar muita curiosidade. Dos binóculos aos homens que se vestiram de mulheres, contamos-lhe alguns segredos e curiosidades do naufrágio do Titanic.

1. Um navio inspirado no Ritz

O interior do Titanic foi inspirado no Hotel Ritz, em Londres. Havia um ginásio, piscina, banho turco, um canil para os cães dos passageiros da primeira classe e um court de ténis.

2. O Titanic tinha um jornal próprio

Chamava-se “Atlantic Daily Bulletin” e tinha notícias, anúncios, fofocas sobre o mundo cor-de-rosa, os resultados das corridas de cavalos e o valor das ações. O menu do dia do restaurante também fazia parte da publicação.

3. Os binóculos escondidos

Solent News and Photo Agency

Frederick Fleet foi o primeiro a avistar o icebergue, no entanto, se tivesse os seus binóculos teria sido capaz de o ver muito mais cedo. Mais tarde veio a saber-se que os binóculos tinham ficado trancados num armário debaixo do convés, sendo que as chaves tinha sido colocadas no vaso errado.

Fleet sobreviveu ao naufrágio. Em 1965, duas semanas depois da morte da mulher, suicidou-se. No centenário do naufrágio do Titanic, em 2012, alguém deixou uns binóculos no seu túmulo com a seguinte mensagem: “Desculpe, chegaram com 100 anos de atraso”.

4. O último jantar foi uma festa

A última refeição a ser servida no Titanic consistia num menu de dez pratos. Havia ostras, sopa de cevada, salmão, lagosta e muito mais.

23 fotografias do Titanic nunca antes vistas

5. A história da mulher que sobreviveu a dois naufrágios

Violet Jessop era assistente de bordo e enfermeira. Aos 25 anos, estava no Titanic quando o inesperado aconteceu, mas conseguiu entrar num bote salva-vidas a tempo. Em 1916, sobreviveu a um segundo naufrágio, num submarino alemão. Desta vez sofreu uma lesão na cabeça que a deixou incapacitada para o resto da vida.

6. Os engenheiros deram a vida pelos sobreviventes

23 fotos

Eram 25 homens e permaneceram no navio até ao fim. Estes engenheiros fizeram tudo o que estava ao seu alcance para manter as luzes do Titanic acesas, minimizando dentro dos possíveis a catástrofe — se as luzes se apagassem, o caos seria ainda maior. Nenhum deles sobreviveu.

Recorde as imagens da construção do Titanic.

7. Os músicos que tocaram até ao fim

É bem provável que tenha visto esta cena no “Titanic”. Se sempre se perguntou se era verdade, a resposta está aqui: sim. Duas horas depois do embate no icebergue, os músicos continuaram a tocar para manter os passageiros calmos.

8. Três cães sobreviveram

Dois Lulu da Pomerânia e um Pequinês sobreviveram ao naufrágio do Titanic.

9. O padeiro que bebeu muito uísque

Charles Joughin passou duas horas na água antes de ser resgatado. De acordo com o homem, padeiro no navio, foi o uísque que o salvou — assim que soube do acidente, começou a beber todas as garrafas que encontrou.

10. Houve homens que se vestiram de mulheres

Na ânsia de conseguir um lugar nos botes salva-vidas, houve homens que se vestiram de mulheres. Um deles foi Dickinson Bishop. A ex-mulher, Helen Bishop, contou que o homem — que descreveu de bêbado e cruel — vestiu-se de mulher para sobreviver. Divorciaram-se quatro anos depois do naufrágio.

Titanic II chega em 2022 — e vai fazer a mesma rota do original

11. Um barco ali tão perto

Quando o Titanic emitiu os primeiros alertas a pedir ajuda, havia um navio bastante perto do local da catástrofe. No entanto, só foi capaz de responder quando já era tarde demais. Era quase uma da manhã quando os tripulantes do Carpathia viram uma estranhas luzes no céu — eram os alertas luminosos do Titanic. Infelizmente o capitão achou que não deveria ser nada e não emitiu nenhuma ordem para que fossem ver o que se passava. Como a telefonista também já tinha ido dormir, não foi enviada nenhuma mensagem sobre o sucedido.

12. Houve um filme sobre o desastre

E não falamos do filme de James Cameron. Um mês depois do desastre, foi lançado o filme mudo “Saved from the Titanic“. A obra contou com Dorothy Gibson no papel principal, sendo que ela estava no navio e sobreviveu ao naufrágio.