Ida de Meghan e Harry para Windsor já causa polémica entre o staff

Em causa estará um parque de estacionamento da propriedade que terá sido usado pelo staff durante décadas.

O casal mudou do palácio de Kensington, em Londres, para a propriedade Frogmore Cottage, em Windsor

Getty Images

O nascimento do primeiro filho está para breve, mas entre notícias sobre os detalhes do nascimento, a criação de uma conta de Instagram nova e as constantes quebras de protocolo, Meghan e Harry parecem não ter sossego.

Agora, os duques de Sussex estão no centro de uma nova polémica. A “Vanity Fair” avança que o staff da casa Frogmore Cottage, em Windsor, está descontente devido à mudança de regras no parque de estacionamento da propriedade.

Em causa está o facto de os membros do staff não poderem estacionar no parque de estacionamento que usavam “há décadas”. Agora terão de pagar $13 (cerca de 11,50€) por dia para estacionar os veículos num parque público, localizado a “uma longa caminhada” da área circundante de Frogmore Cottage – onde a maioria trabalha.

A “Vanity Fair” explica que muitos empregados da propriedade estacionavam junto ao edifício principal para usufruírem “do clube real para jogar golf ou cricket”. Agora foram informados que a partir do dia 1 de abril, deixariam de poder usar esses acessos, a não ser que tivessem uma permissão.

Dizer que estamos chateados e aborrecidos é pouco. Ficámos a pensar que Harry e Meghan não querem olhar para a rua e ver os carros estacionados, ou membros do staff a entrar e sair da propriedade da casa”, diz ao mesmo jornal um trabalhador da propriedade.

Fontes do Castelo de Windsor garantem que não foram os duques de Sussex a dar a ordem e que o parque de estacionamento que gerou discórdia não será fechado completamente, será antes de acesso limitado.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]