Cheesecake, caramelo salgado e chocolate. 3 sobremesas vegan e saudáveis

Aqui não entram produtos de origem animal e quase nenhum dos ingredientes é embalado. Comer de forma natural não é sinónimo de comer mal.

E se esta Páscoa substituir a tarte por uma versão mais saudável?

É mais fácil comprar um bolo feito, claro que é. Mas a graça disso está só em comer, ainda que sem grande consciência daquilo que está a pôr no corpo. Cozinhar não tem de ser aborrecido, sobretudo quando todas as componentes de uma receita são construidas por nós. É uma questão de curiosidade. De mindset: entender os alimentos, o efeito das conjugações, quer em termos de sabor, quer em termos de textura.

Os blogues “Cocoon Cooks“, “Compassionate Cuisine” e a nutricionista Bárbara Oliveira gostam de dedicar tempo à ciência da cozinha. Só assim é que nos conseguem mostrar soluções diferentes, equilibradas e saborosas, aquelas que muitas vezes substituem as fórmulas tradicionais para fazer alguns dos doces mais conhecidos.

Já a pensar na Páscoa, experimente uma destas três receitas, onde não há alimentos de origem animal, açúcares ou farinhas refinadas e poucos embalados e processados.

Chesecake de amêndoa torrada e caramelo

Cocoon Cooks

Ingredientes para a base:
10 tâmaras medjoul, sem caroço
300g amêndoas cruas peladas

Ingredientes para o caramelo de tâmaras salgado:
15 tâmaras medjoul, sem caroço
2 c. sopa manteiga de amêndoa torrada
2 c. sopa óleo de coco derretido
2 c. sopa leite de amêndoa
1/2 c. chá sal dos himalaias
35g amêndoas laminadas (para camada de recheio)

Ingredientes para o creme de caju, amêndoa e canela
400g caju natural cru, demolhados durante a noite (ou por um mínimo de 4 horas)
250 ml. leite de amêndoa
125 ml. óleo de coco derretido
180 ml. xarope de malte de arroz
70g manteiga de amêndoa torrada
Sementes de 1 vagem de baunilha
1 c. chá canela

Modo de preparação:
Começar por reunir, preparar e medir todos os ingredientes. Vai melhorar a vossa dinâmica na cozinha.

Para a base:
Pré-aquecer o forno a 150ºC.
Espalhar as amêndoas numa travessa e colocar no forno durante 20 minutos (ou até ficarem douradas).
Retirar as amêndoas do forno e deixar arrefecer completamente.
Juntar as amêndoas e tamâras no robot de cozinha/trituradora e processar durante cerca de 30 segundos, até que fiquem totalmente trituradas e envolvidas.
Forrar uma forma de cheesecake quadrada com 20 cm (ou uma redonda com 23 cm) com papel vegetal e colocar a mistura na forma, pressionando firmemente.

Para o caramelo de tâmaras salgado: 
Demolhar as tâmaras em água quente (mas não a ferver) durante 10 minutos.
Escorrer as tâmaras e espremer gentilmente para retirar a água em excesso.
Juntar as tâmaras e todos os outros ingredientes no robot de cozinha e processar durante alguns minutos, até o caramelo ficar suave e uniforme, sem pedaços de tâmaras visíveis.
Barrar o caramelo uniformemente sobre a base com a ajuda de uma espátula.
Espalhar as amêndoas laminadas sobre a camada de caramelo e colocar a forma no congelador durante uns minutos, enquanto se prepara o creme de caju.

Para o creme de caju, amêndoa e canela: 
Lavar e escorrer os cajus demolhados.
Colocá-los no robot de cozinha/liquidificadora e processar durante alguns minutos, parando algumas vezes para raspar os lados do recipiente. Processar até que os cajus se transformem numa pasta.
Juntar o resto dos ingredientes e processar na velocidade mais rápida durante alguns minutos até obter uma mistura rica e cremosa. Sejam pacientes, processem até a mistura ficar completamente aveludado.
Retirar a forma do congelador e verter o de caju sobre as camadas inferiores.
Com gentileza, agitar a forma para uniformizar a superfície do creme e libertar quaisquer bolhas de ar que se possam ter formado.
Colocar o “cheesecake” no congelador durante um mínimo de 8 horas.

Para servir:
Retirar o “cheesecake” do congelador e fatiar imediatamente.
Deixar as fatias descongelar durante cerca de 20 minutos, guarnecer com a mistura de amêndoas e tâmaras e algumas amêndoas laminadas e servir.

Esta receita é do blogue “Cocoon Cooks“.

Tarte crua de tofu e chocolate vegan

Bárbara Oliveira

Ingredientes para a base:
1 colher de sopa de manteiga de amendoim
1 colher de sopa de cacau em pó
200g de flocos de aveia
100 ml de água

Ingredientes para o recheio:
200g de tofu
170g chocolate negro
2 colheres sopa de açúcar de coco
100ml bebida vegetal
1 colher de sopa de pepitas de cacau (cobertura)

Modo de preparação:
Comece juntar todos os ingredientes da base no processador e triture. Depois coloque a massa numa base com fundo amovível, e deixe repousar no frigorífico enquanto prepara o recheio.
Derreta o chocolate negro, em banho Maria, enquanto tritura o tofu com a bebida vegetal no processador.
Quando o chocolate estiver derretido adicione lentamente á mistura do tofu.
Passe novamente esta mistura no triturador até ficar com uma consistência homogénea.
Espalhe rapidamente por cima da base, e decore com as pepitas de cacau.
Guarde no frigorífico até à hora de servir.

Esta receita é da nutricionista Bárbara Oliveira.

Bolo de café e nozes com molho de caramelo salgado expresso

Compassionate Cuisine

Ingredientes para o bolo:
2 chávenas de farinha de trigo T55 – pode substituir ¼ da farinha por farinha de trigo integral
¾ chávena + 2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de chá de canela
1 e ¼ colheres de chá de fermento químico (baking powder)
½ colher de chá de bicarbonato de sódio (baking soda)
¼ colher de chá de sal
6 colheres de sopa de óleo
1 e ¼ chávenas de bebida vegetal
4 colheres de chá de café instantâneo dissolvidos em 2 colheres de sopa de água a ferver
4 colheres de chá de sumo de limão

Ingredientes para a cobertura:
¼ chávena de nozes picadas
1 colher de sopa de açúcar mascavado escuro
½ colher de chá de canela

Ingredientes para o molho de caramelo salgado expresso (opcional):
½ chávena de açúcar
4 colheres de sopa de água
400 mL de leite de coco, refrigerado durante a noite
2 colheres de sopa de café expresso, arrefecido
½ colher de chá de sal marinho

Modo de preparação:
Pré-aqueça o forno a 180°C. Como o topo da massa é coberto pelas nozes picadas, para facilitar a sua remoção da forma e evitar ter de o virar 2 vezes, utilize uma forma de fundo amovível (untada e enfarinhada), ou, uma forma circular ou quadrada comum de 20 cm de diâmetro, revestida com papel vegetal.
Numa taça, misture os ingredientes da cobertura. Reserve.
Numa taça larga, misture a farinha, o açúcar, a canela, o fermento químico, o bicarbonato de sódio e o sal. Noutra taça, misture o óleo, a bebida vegetal e o café dissolvido. Envolva a mistura líquida no preparado seco. Envolva o sumo de limão e, rapidamente, verta a massa numa forma revestida ou untada. Espalhe uniformemente a mistura das nozes pela superfície da massa.
Leve ao forno durante cerca de 30 minutos, ou até picar o bolo com um palito e este sair limpo. Entretanto, adiante o caramelo salgado.
Depois de retirar o bolo do forno, deixe arrefecer cerca de 5 a 10 minutos à temperatura ambiente antes de o remover da forma. Transfira o bolo para um prato, e sirva acompanhado do caramelo salgado de expresso.

Modo de preparação do molho de caramelo salgado expresso (opcional):
Coloque o açúcar e a água numa panela pequena. Leve à fervura e deixe cozer durante 5 a 10 minutos, até começar a caramelizar, e apresentar uma cor laranja dourado (caramelo).
Enquanto o açúcar coze, retire a camada sólida de creme de coco da lata. Reserve.
Assim que o caramelo estiver formado (atenção para não deixar cozer em demasia), retire do lume e, cuidadosamente, junte o expresso e mexa até o caramelo deixar de borbulhar. Leve novamente ao lume, e junte o creme de coco e o sal. Mexa durante alguns minutos até obter um molho homogéneo e cremoso, sem pedaços de açúcar ou creme de coco visíveis.
Deixe o caramelo arrefecer, e sirva-o morno.
O molho também pode ser armazenado no frigorífico, e consumido até ao fim de 1 semana. Antes de servir, aqueça-o ligeiramente numa panela pequena ou no micro-ondas.

Esta receita é de Márcia Gonçalves, autora do blogue “Compassionate Cuisine“.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]