Depois de anunciar o divórcio no seu Instagram, Luciana Abreu esteve no programa “Alô Portugal”, a 27 de março, e revelou que estava a viver uma das melhores fases de sempre no que à profissão diz respeito. Apesar destas afirmações, vieram a público notícias que dão conta de um afastamento da cantora por parte da SIC.

Segundo a “TV Mais”, a atriz terá sido afastada do próximo projeto da SIC, a série “Golpe de Sorte”. Em causa estarão os comentários de Luciana sobre os analistas do programa “Passadeira Vermelha” e ainda o reacendimento da polémica entre a eterna Floribela e a apresentadora Andreia Rodrigues, no programa “Grande Tarde“.

Em outubro de 2018, Luciana Abreu foi convidada do programa “Cala-te Boca” da Mega Hits. À pergunta “Quem foi a pessoa com quem te deste pior a apresentar um programa de televisão”, a cantora respondeu: “Nunca tive uma situação em que eu é que me desse mal com a outra pessoa. Mas como é público e toda a gente sabe, já tiveram esse problema para comigo“, referindo-se à mulher de Daniel Oliveira. “É uma mulher. Uma senhora, uma mãe recente”, acaba por dizer.

Os comentários da discórdia

Além desta situação, os comentários sobre os colegas da mesma estação não terão caído bem junto do diretor de programas da SIC.

No mesmo dia em que afirmou que estava a viver uma das melhores fases em termos profissionais, Luciana Abreu fez declarações polémicas sobre os comentadores do conhecido programa da SIC.

No programa “Alô Portugal”, da SIC, depois de uma atuação, a cantora e atriz sentou-se ao lado dos apresentadores Ana Marques e José Figueiras e, entre muitos assuntos, falou sobre a sua ida ao Brasil. No final do programa, falou-se no seu novo projeto – um programa no YouTube com o nome “Quem sou eu?”. E foi com isso em mente que teceu várias críticas aos comentadores do “Passadeira Vermelha”.

“É muito triste quando a mediocridade entra numa coisa tão bonita. Não recebi uma única crítica negativa nas redes sociais. Nas minha redes não sinto [as críticas]. Sinto no meu canal, na minha SIC, na minha família”, começou por dizer deixando perplexos os apresentadores.

Há pessoas que se disponibilizam e que vivem para isto. A receber dinheiro, porque não podem fazer outra coisa a não ser isso, para serem comentadores e colocarem defeitos naquilo que eu faço de livre e espontânea vontade, que partilho e ofereço“, afirmou Luciana Abreu referindo-se aos comentadores do programa “Passadeira Vermelha”.

Mas afinal o que é que se passa entre o marido de Goucha e Cláudio Ramos?

A estrela da SIC procurou ainda justificar em direto a qualidade de imagem do programa: a equipa é pequena e é muitas vezes Luciana que trata da parte mais técnica, uma vez que a ajuda qualificada só vem depois.

As críticas aos comentadores e a justificação vêm no seguimento de declarações feitas no programa “Passadeira Vermelha”. Entre as várias observações, o comentador Nuno Azinheira notou que a cantora devia melhorar algumas características dos seus vídeos: “Nota-se que a equipa são só duas pessoas. Nesta altura do campeonato, não faz sentido. Como é óbvio ela devia ter investido mais. O áudio, os planos […] A Luciana quer ser uma grande estrela portuguesa. Devia ter aqui uma qualidade neste projeto.”

A resposta da cantora

Depois das notícias que davam conta do afastamento da SIC, Luciana Abreu usou o Instagram para emitir um comunicado. Nele esclarece não existir “qualquer tipo de fundamento ou veracidade sobre o tema”. Fala também do diretor de entretenimento, com quem garante ter “uma excelente relação profissional, assente na máxima cordialidade e respeito”.

Em relação ao seu trabalho na nova série da SIC afirma que este foi “alterado apenas e só porque surgiram novos e aliciantes desafios na SIC, estação com a qual mantém (honrosamente) um contrato de exclusividade”.