Jornalista da BBC revela que não foi aumentada porque tinha um namorado

Fiona Bruce admitiu que, no início da sua carreira, a BBC, onde está desde 1989, "não era um bom lugar para se estar”.

Fiona Bruce está na estação televisiva há 30 anos

Getty Images

Numa entrevista à revista britânica “Vogue“, a jornalista e apresentadora Fiona Bruce afirmou que, nos primeiros anos a trabalhar na BBC, o chefe recusou aumentar-lhe o salário por causa do vencimento do namorado.

“Precisas realmente disso? O que é que o teu namorado faz? Moras com ele, não é? Não é ele que paga a maioria das coisas?”, relembra Fiona Bruce, de 54 anos, referindo-se ao que lhe tinha sido respondido na altura. “Bem, eu faço as compras no supermercado, então eu preciso de pagá-las”, retorquiu a jornalista ao chefe. “Que absurdo é este?”, questionou Fiona Bruce à jornalista que a entrevistava.

Fiona Bruce, que está na estação televisiva há 30 anos, não revelou com quem estava na discussão e em que altura aconteceu. No entanto, admitiu que no início da sua carreira, a BBC “não era um bom lugar para se estar”.

A jornalista e apresentadora ingressou na BBC em 1989 como pesquisadora do “Panorama” e já esteve à frente de programas como “BBC News at Ten”, “Crimewatch” ou “Fake or Fortune?”. Desde janeiro que é também a apresentadora do programa “Question Time”, da BBC One.

Segundo o jornal britânico “Independent“, atualmente Fiona Bruce é uma “estrelas” mais bem pagas da estação que aufere um ordenado de cerca de 400 mil euros por ano.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]