Tudo no mundo do cinema é planeado ao detalhe. Desde o guarda-roupa aos efeitos especiais, nada é deixado ao acaso, não só para não haver derrapagem de custos, mas também para tornar o processo de gravação o mais célere e proveitoso possível. No entanto, nem sempre tudo corre como o esperado e muitos são os momentos que chegam até nós que são fruto do improviso.

Entre acidentes, quedas, falas improvisadas ou até cenas alteradas no último minuto porque alguma coisa não estava a correr bem, já aconteceu quase tudo no cinema. Felizmente às vezes correu tão bem que aquela cena inesperada tornou-se num momento icónico no cinema. A MAGG reuniu 30 momentos na história do cinema em que o acaso ajudou. Seja através da depilação feita em live tape, acidentes que levaram atores a magoarem-se no set ou até pequenas falas criadas no momento, tudo ajuda para criar o filme perfeito.

1. “O Padrinho” (1972)

Ninguém sabe ao certo como é que o gato que apareceu no set de filmagens, mas a verdade é que Marlon Brandon agarrou no animal e começou a brincar com ele no colo enquanto gravava uma das cenas mais icónicas de “O Padrinho“. No entanto, o ronronar do gato ficou por cima da voz do ator, que teve de regravar a voz mais tarde, em estúdio.

2. “Virgem aos 40 anos” (2005)

Numa das cenas deste filme, Andy, interpretado por Steve Carell, é desafiado pelos amigos a depilar o peito a cera. Por ser um processo doloroso, foi dada a oportunidade ao ator de se recorrer a efeitos especiais. No entanto, Carell pensou que seria muito mais realista se a depilação fosse real. Por isso, as reações que pode ver durante os três minutos desta cena são totalmente reais e fizeram Carell jurar que nunca mais se depilaria em filme algum.

3. “Rocky” (1976)

É quase impossível desassociar a música “Gonna Fly Now” de Bill Conti, enquanto Rocky, interpretado por Sylvester Stalone, vai correndo pelas ruas de Filadélfia. Com o baixo orçamento de quase 887 mil euros, muitas das cenas foram gravadas pelas ruas desta cidade americana, tornando os locais em figurantes “forçados”. Prova disso é a cena em que um dos vendedores de rua atira uma laranja a Sylvester Stalone enquanto ele treina. Este pequeno frame foi um acaso que ocorreu naquele momento, e ficou imortalizado para sempre neste filme.

4. “Batman: The Dark Night” (2008)

Quando este filme chegou às salas de cinema, o Joker de Heath Legdger foi considerado tão brilhante que valeu ao ator o Óscar de Melhor Ator Secundário, atribuído postumamente em 2009. Quando Gordon (Gary Oldman) é promovido a comissário, Joker é filmado a bater palmas, num tom irónico. No entanto, esta cena não estava no guião e foi improvisada no momento pelo ator. Este momento é tão conhecido que chegou até a virar um meme na internet.

5. “O Senhor dos Anéis: As Duas Torres” (2002)

Na cena em que Eowyn (Miranda Otto) contempla o horizonte, é possível ver-se uma bandeira a rasgar-se do mastro e a voar pelo ar. Embora este momento possa ter parecido intencional, foi na verdade um acidente. Como se enquadrava no filme, porém, acabou por ser mantido na versão final.

6. “Papá para Sempre” (1993)

Robin Williams era conhecido pela sua grande capacidade de improvisação, tanto que o que não faltam são histórias em que o ator deixou de seguir o guião e deu asas à sua criatividade. Um desses momentos foi no filme “Papá para Sempre“, em que o ator cobre a cara com cobertura de bolo para que a sua verdadeira identidade não seja descoberta pela assistente social que acompanhava o divórcio da sua personagem. Devido ao calor sentido no estúdio, a sua “máscara” começou a escorrer, acabando por cair para dentro de uma caneca de chá. Aproveitando este momento, o ator diz: “Aqui tem as suas natas e o seu açúcar.” Totalmente improvisado.

Já saiu o novo trailer de “Vingadores: Endgame” — e a Capitã Marvel aparece

7. “Guardiões da Galáxia” (2014)

Ninguém sabe muito bem onde é que começa o lado desajeitado de Chris Platt e termina o de Peter Quill. Prova disso é esta cena em que, por distração, o ator norte-americano deixa cair uma esfera poderosa. Como Platt não saiu da personagem e esta pequena falta de jeito até ficava bem no filme, acabou por ficar versão final do filme.

8. “Indiana Jones: Os Salteadores da Arca Perdida” (1981)

Nesta cena, era suposto que Indiana Jones tivesse uma cena de luta bastante intensa com o vilão. No entanto, Harrison Ford estava bastante doente com uma intoxicação alimentar e não tinha forças para cumprir o que estava escrito. Então, Steven Spielberg fez uma pequena alteração: em vez lutarem, Indiana Jones só tinha de lhe dar um tiro. E foi assim que se filmou uma das cenas mais icónicas deste filme de aventuras.

9. “Thor: O Mundo das Trevas” (2013)

Quando Thor chega à casa de Kat Dennings (Darcy Lewis) com Jane Foster (Natalie Portman), as duas começam rapidamente a discutir. Enquanto isso, Thor, interpretado por Chris Hemsworth, pendura calmamente o mjolnir, o seu martelo, como se nada se passasse. Esta pequena cena de comédia foi pura improvisação do ator australiano no filme.

10. “Star Wars: Episódio V – O Império Contra-Ataca” (1980)

Nesta famosa cena entre Han Solo (Harrison Ford) e a Princesa Leia (Carrie Fisher), no episódio V de “Star Wars“, nem tudo correu como o esperado. Após Leia declarar o seu amor a Han Solo, este deveria ter respondido “eu também te amo”, mas, em vez disso, apenas disse “eu sei”. Tal aconteceu porque Ford achou que a primeira resposta não se adequava à sua personagem e então decidiu improvisar.

11. “Forrest Gump” (1994)

Apesar de ter vencido seis Óscares da Academia em 1995, entre os quais o de Melhor Filme e o de Melhor Ator para Tom Hanks, houve um pequeno erro do ator principal que acabou por chegar até à versão final. Na cena em que ele se apresenta a Bubba Blue (Mykelti Williamson), o ator apenas deveria ter dito “Eu chamo-me Forrest Gump.” Em vez disso ficou: “Eu chamo-me Forrest Gump e as pessoas chamam-me Forrest Gump.” Como se adequava à personagem, este pequeno erro acabou por ficar.

12. Tony Stark, o Homem de Ferro, interpretado por Robert Downey Jr.

Nos vários filmes do universo cinematográfico da Marvel, é possível ver-se Tony Stark a comer pizza, donuts ou outros snacks em muitas cenas. A verdade é que este é um hábito do próprio Robert Downey Jr e, como não havia forma de o fazer parar de comer enquanto estava a gravar, a melhor opção foi tornar um Homem de Ferro numa pessoa esfomeada. Por isso, se vir uma cena em que esta personagem está a comer, é provável que, inicialmente, esse momento não estivesse no guião.

13. “O Diário da Princesa” (2001)

Tal como nos livros, a princesa Mia Thermopolis, interpretada por Anne Hathaway, é muito desastrada e são vários os acidentes e peripécias que vão acontecendo à princesa ao longo dos filmes e dos livros. No primeiro da trilogia, há uma cena em que Mia e a sua melhor amiga Lilly Moscovitz (Heather Matarazzo) vão conversando enquanto sobem e descem as bancadas do campo de treinos da escola mas, às tantas, Mia tropeça e cai. Esta queda foi acidental, mas como tinha a ver com o estilo da personagem, acabou por ser incluída no filme.

14. “Django Libertado” (2012)

O trabalho de Leonardo DiCaprio em “Django Libertado” foi tão elogiado neste filme que chegou a valer-lhe uma nomeação para os Globos de Ouro, em 2013. Uma das razões foi esta cena. A sua personagem explicava como funcionava a frenologia, uma teoria (já classificada como pseudociência) que acreditava que era possível definir o caráter de alguém através do tamanho e saliências do crânio. A meio da cena exalta-se, bate com a mão na mesa e acaba por cortar-se, começando a sangrar. A cena foi considerada tão boa que foi mantida no filme.

Está aqui o primeiro trailer de “Toy Story 4”

15. “O Silêncio dos Inocentes” (1991)

Esteve no grande ecrã apenas 25 minutos, mas o papel de Dr. Hannibal Lecter valeu a Anthony Hopkins valeu um Óscar de Melhor Ator, em 1992.  Numa das cenas mais icónicas do filme, em que Lecter vai descrevendo como comeu o fígado de uma das suas vítimas, fez um síbilo que não estava planeado, deixando Jodie Foster. genuínamente surpresa.

16. “Titanic” (1997)

Apesar de ser uma das cenas mais marcantes de “Titanic“, o realizador James Cameron não ficou contente com esta cena aos primeiros takes. Por isso, Leonardo DiCaprio subiu até à proa do navio várias vezes para gritar. Às tantas, o realizador americano resignou-se e pediu ao ator para gritar apenas, de forma convincente, “Sou o rei do mundo!”. Foi a que melhor resultou.

17. “O Despertar da Mente” (2004)

https://www.youtube.com/watch?v=fIu_8wS6CUo

Após a relação de Joel (Jim Carrey) e Clementine (Kate Winslet) ter acabado mal, o casal decide recorrer a uma experiência médica e apagar todas as suas memórias desses tempos. Numa das cenas do filme, em que Clementine desaparece, Joel começa a procurar pela ex-namorada, mas esta não responde. Esta cena não estava prevista no guião que foi entregue ao comediante norte-americano, pelo que a sua reação foi totalmente genuína e improvisada no momento.

18. “Os Suspeitos do Costume” (1995)

Aquela que deveria ter sido uma das cenas mais sérias do filme tornou-se num momento de risota, para grande irritação do realizador Bryan Singer. Isto aconteceu devido à flatulência de um dos atores (não sabemos quem), que não deixava ninguém concentrar-se. O realizador acabou por desistir e a cena ficou assim, tal como a conhecemos.

19. “Nascido Para Matar” (1987)

O ator R. Lee Ermey foi inicialmente contratado para este filme como conselheiro técnico, pois tinha sido instrutor durante a guerra do Vietname. No entanto, acabou por encarnar a personagem de Hartman, tendo improvisado muitas das cenas que fez durante a recruta.

20. “Dança Comigo” (1987)

Não há quem não tenha visto o filme “Dança Comigo” e que não se recorde da cena em que Baby (Jennifer Grey) e Johnny (Patrick Swayze) dançam juntos e rastejam pelo chão enquanto fazem playback da música “Love is Strange” de Mickey & Sylvia. Esta coreografia foi criada após realizador Emile Ardolino ter visto os dois atores aquecerem de gatas e ter achado que poderia resultar como elemento de uma coreografia.

Já pode ver o teaser de “Era Uma Vez em… Hollywood”, o filme que junta Brad Pitt e Leonardo DiCaprio

21. “Encontro de Irmãos” (1988)

Durante a filmagem desta cena, Dustin Hoffman largou, de forma intencional, um pum. Como nem ele nem Tom Cruise saíram das suas personagens, este momento acabou por ser incluído no filme.

22. “Perfume de Mulher” (1992)

Como Al Pacino ia interpretar um homem cego neste filme, o ator treinou os seus olhos para desfocar a sua visão ao máximo. Por isso, uma das cenas do filme, em que o ator tropeça num caixote do lixo, aconteceu não por estar escrita, mas sim porque Pacino não viu mesmo o objeto no chão.

23. “Velocidade Furiosa 6” (2013)

No sexto filme da saga “Velocidade Furiosa”, o ator Dwayne “The Rock” Johnson fez uma pequena improvisação que deixou todos com vontade de rir. À provocação feita por Roman (Tyrese Gibson), era suposto que a personagem de Hobbs ignorasse. Em vez disso o ator respondeu, dizendo que ele tinha uma grande testa, deixando até Ludacris perdido de riso.

24. “Blade Runner: Perigo Iminente” (1982)

Na cena do filme em que Pris (Daryl Hannah) desata a correr, acabando por escorregar e ir contra um carro, foi totalmente acidental. A atriz acabou por magoar-se, tendo partido o cotovelo.

25. “O Lobo de Wall Street” (2013)

O que começou por ser um exercício de relaxamento de Matthew McConaughey acabou por integrar uma das cenas mais icónicas deste filme por sugestão de Leonardo DiCaprio, o ator principal.

26. “Um Mal Nunca Vem Só” (1998)

A cena do filme em que Nick the Greek (Stephen Marcus) parte a mesa ao pousar o copo foi totalmente inesperada. Toda a gente ficou estupefacta.

Chegou o primeiro teaser trailer de “Frozen 2” — e Elsa está de leggings

27. “Gritos” (1996)

Na cena em que Stuart (Matthew Lillard) disse “Houston temos um problema”, após ter percebido que tinha perdido a sua pistola, foi muito provavelmente inspirada no filme “Apollo 13”, que tinha saído no ano anterior, sobre a viagem do homem à Lua. A fala não estava no guião original do filme.

28. “S.O.S. — Vizinhos ao Ataque” (1989)

O momento em que Ray Peterson (Tom Hanks) decide pegar na maca onde estava deitado e atirá-la para dentro da ambulância foi improvisado. Acabou por entrar na versão final do filme.

29. “Beleza Americana” (1999)

Nesta cena do filme era suposto que Lester Burnham (Kevin Spacey) apenas atirasse o prato para o chão. Em vez disso, acabou por atirar o prato contra a parede, deixando toda a gente completamente boquiaberta com o que tinha acabado de acontecer.

30. “Agentes de Reserva” (2010)

Na cena em que Terry (Mark Wahlberg) faz esta famosa analogia do leão e do atum, Allen (Will Ferrell) acabava por ganhar a discussão por falta de argumentos. Em vez disso Wahlberg decidiu improvisar, atirando-lhe copo de café para cima. Funcionou e ficou na versão final do filme.