Turista morre no Grand Canyon enquanto tirava fotografia

Uma visita ao Grand Canyon terminou de forma trágica para um turista de Hong Kong. Esta foi a segunda morte em apenas uma semana.

O turista caiu de uma altura de mais de 300 metros

A busca pela fotografia perfeita tem levado algumas pessoas ao limite e já são vários os casos de quem se envolve em acidentes para conseguir o resultado perfeito. No final do ano passado, por exemplo, uma portuguesa de 25 anos morreu ao cair de um 27.º andar enquanto tirava uma selfie.

Esta quinta-feira, 28 de março, a história repetiu-se, desta vez com um turista no Grand Canyon. Um homem com cerca de 50 anos, natural de Hong Kong e cuja identidade não foi revelada, estava com um grupo numa tour ao observatório Eagle Point, no Grand Canyon West, quando escorregou e caiu enquanto tirava uma fotografia. Este espaço encontra-se agora encerrado.

As buscas com helicópteros começaram imediatamente a seguir ao acidente e está a decorrer uma operação de resgate, conforme explicou David Leibowitz, porta-voz do observatório Eagle Point, em comunicado. “Os pensamentos e orações de todos os funcionários do Grand Canyon West estão com ele e com todos os membros do grupo da tour.”

Esta foi a segunda morte em apenas uma semana no Grand Canyon. Na passada terça-feira, 26 de março, outro visitante morreu na trilha South Rim, sendo que a causa da morte ainda não é conhecida e está a ser investigada.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]