Começou por ser a alternativa para quem não tinha dinheiro para comprar em lojas convencionais. Rapidamente passou de necessidade à tendência, quando, de repente, fazia sentido tirar do baú da avó as camisas às flores, as calças subidas, os blusões XL ou os vestidos cintados.

A oferta acompanhou a procura e, atualmente, o mercado de roupa em segunda mão está avaliado em 241 mil milhões de euros, podendo atingir os 45 mil milhões euros dentro de cinco anos. A conclusão é da ThredUp, uma retalhista de roupa em segunda mão que divulga o seu relatório anual, no qual está patente que, nos últimos três anos, a venda de roupa em segunda mão cresceu 21 vezes mais rápido do que a venda de roupa tradicional.

Foi num ápice que do estigma de ninguém querer assumir que vestia roupa usada se passou à vontade de a mostrar a todos. E nesse ápice foram muitas as lojas que abriram e os mercados de roupa vintage que se multiplicaram pelo país. Em forma de roteiro rápido, deixamos aqui seis sugestões, entre o que de melhor se vende em segunda mão em Lisboa e no Porto.

Os brincos querem-se grandes e com inspirações vintage. 15 sugestões desde 2,99€

1. A Outra Face da Lua, Lisboa

Já é um clássico da cidade para quem procura roupa e acessórios em segunda mão, com a vantagem de ter ainda um espaço de cafetaria, a servir pequenos-almoços, almoços e lanches.

São dezenas os charriots cheios de roupa, com peças que vão desde calças da Levi’s, até ao vestido mais alucinante dos anos 80. Volta e meia a loja faz fins de semana especiais com as peças todas a 5€. É uma questão de estar atento aos anúncios feitos nas redes sociais.

Morada: Rua da Assunção, 22, Lisboa
Horário: 10h-19h (fecha domingo)

2. Heartcore, Lisboa

Bruno Lopes e Tiago Andrade, a dupla que abriu a Heartcore, já tem alguns anos disto. Já abriram a Ás de Espadas, só com peças femininas, a Joker Store, dedicada a roupa para homem e a Jupiter Vintage Store, só com acessórios.

Agora, na Heartcore, juntam um pouco de tudo em quatro salas com roupa, calçado e acessórios. Algumas das peças, ainda que vintage, nunca foram usadas. Fazem parte de coleções antigas que não foram vendidas e, por isso, têm ainda a etiqueta original.

Morada: Rua Maria Andrade, 43, Lisboa
Horário: 12h-20h (fecha domingo)

Os meus 5 looks de verão com um toque vintage

3. Retro City, Lisboa

Calças militares, botas de biqueira de aço, saltos altos, casacos de pele, casacos da Adidas ou kimonos japoneses. Agora escolha.

A espanhola Esther Martinez e o inglês Sean Merott são amigos, são ambos apaixonados por roupa vintage e, depois de abrirem a Retro City em Inglaterra, Madrid e Barcelona, decidiram mostrar o estilo de outros tempos a Lisboa. No total são seis mil as opções para quem visitar a loja, que fica perto da Avenida Almirante Reis.

Morada: Rua do Loreto, 37, Lisboa
Horário: 11h30-20h (fecha domingo)

4. Mon Père Vintage, Porto

Mariana Araújo abriu a Mon Père Vintage em 2013, inspirada no Camden Market, em Londres. E ainda que os preços não fossem altos — raramente ultrapassam os 40€ — o espaço tornou-se pequeno para tanta roupa e tantos clientes e Mariana decidiu dividir a loja em duas. A original mantêm-se com as peças e os preços de sempre e a segunda, a Mon Père Vintage Outlet, agrega as peças mais baratas de tudo o que lhe chega às mãos.

Nesta segunda loja, é possível encontrar brincos a 1€ e pode ter a certeza que não encontra nada a mais de 15€.

Mon Père Vintage
Morada: Rua da Conceição, 80, Porto
Horário: 14h-20h (fecha domingo)

Mon Père Vintage Outlet
Morada: Rua dos Mártires da Liberdade, 249, Porto
Horário: 11h-19h (fecha domingo)

As T-shirts com bandas de rock estão de volta. Veja as mais cool que estão nas lojas

5. Wild at Heart, Porto

Rita correu muitas feiras até ter um espaço seu no centro do Porto. Agora, é na Wild at Heart que expõe as peças que meticulosamente escolhe para ter à venda. Há óculos, brincos, casacos, camisas coloridas e casacos desportivos.

Como o calor apareceu de repente, as últimas publicações do Facebook — usado para partilhar as últimas novidades da loja — são sobre os padrões de fato de banho. Quadrados e flores são a tendência.

Morada: Rua do Almada , 473, Porto
Horário: 11h30-13h30, 14h30-19h (segunda-feira abre às 14h30, fecha ao domingo)

6. Tricirculo, Porto

Nesta loja nem tudo é em segunda mão. Aliás, são de tal maneira de primeira que as peças são de produção própria. Natacha Braga, que começou por vender roupa apenas através de um site, que mantém ativo, junta agora em loja peças de roupa vintage e biquínis de produção própria.

Os preços variam entre 1€ até um máximo de 80€.

Morada: Rua Dr. Artur Magalhães Basto, 26 2º, Porto
Horário: 15h-18h (fecha de domingo a terça-feira)