Há menus secretos em Lisboa, mas só os pode descobrir se tiver Zomato Gold

A aplicação de restaurantes uniu-se a 25 restaurantes para criar menus inéditos e exclusivos, feitos a pensar nos foodies.

Este é um dos pratos que pode provar no evento, e é da autoria do chef Chakall

Lembra-se quando a Uber chegou a Portugal? Nessa altura, pedir um dos carros da frota faziam qualquer um sentir-se membro de uma qualquer elite, com o seu próprio motorista privado, nem que fosse por breves momentos. A verdade é que a grande maioria de nós gosta de exclusividade, seja a pedir um carro com direito a água e chocolates, a permanecer na zona privada de uma discoteca ou a ter uma mesa mais especial no restaurante da moda.

A pensar nos foodies, aquelas pessoas apaixonadas por gastronomia, sempre em busca de novas experiências e pratos irreverentes, a Zomato lança a primeira edição dos Menus Secretos, uma iniciativa destinada aos membros do Zomato Gold que, entre 1 e 14 de abril, vai permitir que estes subscritores desfrutem de pratos inéditos.

A aplicação lançou o desafio a 25 chefs e restaurantes da zona da Grande Lisboa, que responderam criando vários menus exclusivos que prometem trazer ao de cima toda a criatividade dos cozinheiros. E porque nem só de comida se fazem estes menus, esta primeira edição dos Menus Secretos da Zomato vai contar com o apoio da Viborel, incluindo nas seleções bebidas como Bacalhôa, Perrier, Murganheira e Adega de Favaios.

Entre os restaurantes aderentes a este evento estão espaços como o The Club Steakhouse, Duplex, Bastardo, Monte Mar Lisboa, Saraiva´s, Chutnify, Peixola, Arola, El Bulo e Sushi dos Sá Morais, entre muitos outros.

Os menus podem ser reservados e comprados a partir de 25 de março, e deve usufruir dos mesmos durante a primeira quinzena de abril — durante a semana, apenas aos jantares e, ao fim de semana, também aos almoços. Estes menus inéditos só estão disponíveis na aplicação da Zomato, e não poderão ser reservados se o utilizador não for membro subscritor Zomato Gold.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]