Há toda uma legião de fãs de queijo — pessoas que gostam de todo o tipo e em qualquer momento. Importa perceber que este alimento — muito típico das dietas portuguesas, mas também de outros locais do mundo, como França ou Itália — tem diferenças substanciais em termos de sabor, calorias e constituição nutricional, conforme a tipologia. Há queijos brancos, há queijos amarelos, há queijos amanteigados. Há queijos com mais ou menos água, mais ou menos gordura, mais ou menos proteína — os dois nutrientes com mais presença neste alimento.

Uns são aliados da perda de peso, outros, pelo contrário, são amigos do aumento de quilos. O truque para tudo passa pela consciência daquilo que está a ingerir e, claro, da moderação, sobretudo nos casos em que as calorias e gordura estão em excesso. Catarina Nunes, a nutricionista com quem a MAGG falou para analisar 18 tipos de queijo, não proíbe nenhum tipo. Apela apenas à moderação.

Do queijo fresco, ao cheddar, queijo de Azeitão e ainda parmesão, conheça o ranking e as informações de cada tipo de queijo.

1.º Queijo quark

É um queijo com um sabor e textura muito mais parecida ao iogurte do que a um queijo comum, explica a nutricionista Catarina Nunes. “O queijo quark ocupa o primeiro lugar na tabela do queijo menos calórico — isto se for a versão natural magra”, diz. Tem 60 calorias por 100 gramas e, por ser constituído por 78% de água, é “uma ótima opção para um lanche com menos calorias — e com menos gordura, uma vez que tem 0,3 gramas deste nutriente por 100 gramas.

“O queijo quark tem ainda uma boa quantidade de proteína — 10 gramas por 100 gramas —, o que pode ser útil para a saciedade”, diz, salientando que “200 gramas de quark têm quase a mesma quantidade de proteína do que uma dose, aproximadamente 25 gramas de whey, que é a proteína do soro de leite.”

Catarina Nunes sugere que seja adicionado à fruta, sementes, cereais com aveia.

O croissant integral é melhor do que o normal?

2.º Queijo fresco e cottage

As versões magras destes dois queijos têm valores nutricionais idênticos e cerca de 90 a 100 calorias por 100 gramas de produto. “Este dado juntamente com os 10 a 15 gramas de proteína por 100 gramas, tornam estes queijos num aliado para a perda de peso”, considera. “As versões light contêm um baixo teor de gordura (2 a 3 gramas por 100 gramas), no entanto as versões meio gordas têm um bocadinho mais (cerca de 6 gramas), acabando por ter também menos proteína (9,2 gramas).”

Mas há a questão do sabor. Catarina Nunes explica que este difere na versão magra e versão normal. “Quem não consegue ingerir as versões magras, pode optar por um queijo fresco meio gordo, que certamente não irá estragar a dieta.”

4.º Ricotta e requeijão

“Ainda na onda dos queijos ‘brancos’, estes produtos lácteos contêm um pouco mais gordura — cerca de 12 gramas por 100 gramas.” Com isso, explica, vem um pouco mais de energia, ou seja, cerca de 150 a 190 calorias. “Estes queijos acabam por ser ingeridos em menor quantidade do que os falados anteriormente, mas como o seu consumo está mais associado às sandes, as calorias também são superiores. A quantidade de proteína também é superior: cerca de 7,5 gramas por 100 gramas.

6.º Flamengo

“Começamos agora com os queijos ‘amarelos’, começando pelo mais familiar dos portugueses – o queijo flamengo”, diz Catarina Nunes. “Tipicamente comido às fatias, este produto apresenta 247 calorias e 14 gramas de gordura por 100 gramas, quantidade que corresponde a cerca de quatro ou cinco fatias. “Pode ser uma opção para consumir numa sandes, numa omelete mas com cuidado para não exceder as quantidades — o que é bastante fácil, principalmente para os amantes de queijo.”

7.º Brie e Camembert

“Estes queijos moles contêm 254 calorias e 20 gramas de gordura por 100 gramas”, alerta. “Apesar de delicioso, já são valores com os quais devemos ter mais cuidado”, tendo em conta sobretudo, as quantidades ingeridas, que facilmente farão exceder o número de calorias que deve consumir diariamente — o que resulta em aumento de peso. “Atualmente já existem versões magras, mas que não diferem assim tanto das versões normais, pelo que será um queijo a comer com moderação.”

9.º Mozzarella

“O queijo mais utilizado nas pizzas apresenta entre 200 a 300 calorias por 100 gramas de produto, tanto nas versões magras, como nas versões meio gordas, e poderá ir de 10 a 25 gramas de gordura”, refere a especialista. “A versão magra apresenta mais proteínas do que a meio gorda — 29 gramas versus 15 gramas. Enquanto que na cozinha italiana é o rei, talvez no dia a dia português seja melhor optarmos por outros queijos, exceto se encontrar alguma mozzarella com valores nutricionais mais parecidos com os queijos brancos referidos acima.”

10.º Feta

Com um sabor forte, tem cerca de 281 calorias e 23 gramas de lípidos — ou seja, gordura. “A sua composição corporal é parecido com a da mozzarella, com a diferença de ser mais massudo, logo com menos teor de água”, explica. “Um queijo utilizado essencialmente em saladas, pelo que a quantidade utilizada deve ser controlada para não tornarmos uma refeição normal em hipercalórica.”

11.º Queijo de Azeitão

Tem 313 calorias, 25 gramas de lípidos e uma desvantagem: “É um queijo amanteigado, ou seja, vai fazer com que controlemos menos as quantidades ingeridas, porque não envolve mastigação.” O ato de mastigar é fundamental para que o organismo compreenda as quantidades e nos diga para parar. “Aqui a saciedade será menor do que nos restantes queijos”, alerta. “Um queijo a consumir nos dias off-diet e sem peso na consciência.”

12.º Gouda, Queijo da Ilha e Roquefort

“Apesar de serem três queijos diferentes, a nível nutricional são semelhantes, com as suas 350 calorias e 25 a 30 gramas de gordura por 100 gramas de produto”, destaca logo Catarina Nunes. “São queijos bastante densos, com pouca percentagem de água e com um bom teor de proteína — 25 a 30 gramas.”

Ainda assim, além disto, tem também muita gordura e calorias. “Na minha opinião, uma a duas fatias não vão estragar nenhuma dieta, no entanto, se as quantidades forem maiores, não deverá ser um alimento a ingerir diariamente.”

15.º Emmental

Este tem 380 calorias e 30 gramas de gordura por 100 gramas, um valor “um pouco superior aos anteriores, o que o torna, mais uma vez, um produto lácteo a ser consumido com moderação.”

16.º Queijo da Serra e Cheddar

São conhecidos por qualquer português e apreciados pelos bons apreciadores deste tipo de produto. O pior é que está quase no último lugar deste ranking: “Infelizmente, são também muito calóricos, com cerca de 390 calorias e 32 gramas de lípidos, o que o coloca na lista dos queijos a comer com moderação.”

18.º Parmesão

E o ranking termina com o famoso parmesão, que tem cerca de 406 calorias e 30 gramas de gordura por 100 gramas. Catarina Nunes termina alertando para as quantidades raladas acrescentadas um prato: “30 gramas de queijo em cima de uma bolonhesa acrescentam à refeição 120 calorias, que nem nos deixarão mais saciados.”