Foi um domingo de estreias: depois de muita antecipação, “Quem Quer Casar Com o Meu Filho” e “Quem Quer Namorar com o Agricultor” estrearam-se em horário nobre com a promessa de conquistar o público. Além dos nomes parecidos, o objetivo também é mais ou menos semelhante — tudo se resume a encontrar o amor. A grande diferença é que cada um dos formatos vem de canais rivais, que estão em guerra aberta nas audiências.

“Quem Quer Casar Com o Meu Filho” não é só uma merda. É uma merda preocupante

A TVI decidiu pôr as mães a escolher a futura mulher dos seus filhos. Já a SIC quer encontrar a namorada perfeita para cinco agricultores. Os formatos estão a dar que falar, mas sobretudo pela negativa — há quem diga que são um atentado às mulheres. 

Vamos a números: este domingo, a TVI conquistou uma média de 19,1% de quota de mercado. Logo a seguir ficou a SIC, com 17,5%. Com números bem mais baixos ficou a RTP, que conquistou apenas 7,8% no canal 1 e 1,3% na RTP2.

Mas isso são os números totais. Em horário nobre, a vencedora foi a SIC com um total de 13,9% de rating e 28,9% de share. A TVI ficou pelos 10,8% de rating e 23,6% de share.

Os dados apresentados são da responsabilidade da CAEM/GFK.