4 mitos de moda e estilo que nos impedem de arriscar e brilhar

“Não podes combinar esse casaco com esse top!”, “Esses sapatos não têm nada a ver com esse vestido!”. Será que a moda é assim tão rígida?

“Não podes combinar esse casaco com esse top!”. “Esses sapatos não têm nada a ver com esse vestido!”. Quantas vezes já ouviu isto na vida? Apostamos que muitas. Mas será que a moda tem mesmo regras assim tão rígidas? E onde é que fica o lado criativo de cada um? O toque individual que nos garante um estilo próprio?

Muitas mulheres até têm vontade de criar um look diferente, irreverente, uma peça mais ousada, mais excêntrica, mas o medo das críticas, dos olhares reprovadores (quase sempre de outras mulheres) leva a que muitas se retraiam.

A verdade é que a moda sempre foi dotada de muitos padrões, de “do’s and dont’s”, que foram passados de geração em geração, até que chegaram aos dias de hoje como regra na cabeça de muitas pessoas.

Entretanto, muitos padrões acabam por ficar ultrapassados e velhos, e não há mais motivos para se prender a alguns “mantras da moda”.  O mundo fashion está mais democrático, prevalecendo principalmente o gosto de quem usa.

Por isso, selecionamos abaixo alguns mitos famosos e dicas para se libertar e colocar em uso todas as peças do seu guarda-roupa, sem preocupações.

1. Deve misturar padrões

Como assim não se devem misturar padrões? Pelo contrário. A mistura de padrões é cool, e é apenas necessário saber fazer as combinações certas. A melhor dica é usar padrões com a mesma paleta de cores, ou então prints/grafismos que sejam semelhantes. Mix de padrões deixa o look mais fashion e cheio de personalidade.

Misture padrões

2. Não se podem usar jóias douradas com prata

Há quem tenha avó ou até a mãe que combina a cor da jóia desde a fivela do sapato até aos brincos pendentes, mas isso já está ultrapassado. Cada vez mais os acessórios devem ser misturados e diversificados. Essa mesma dica vale para as carteiras.

3. Homens não podem usar acessórios

Muita gente ainda tem a ideia de que os acessórios devem ser usados só por mulheres, e os homens devem apostar em visuais o mais básicos possível, roupas objetivas e sem muita informação.

Com o passar dos anos isso mudou, e a moda masculina ganhou espaço. Muitos homens levam a sério a importância de uma boa aparência, principalmente para demonstrar a sua identidade. Dentro desses cuidados com o visual, os acessórios passaram a ser valorizados. Os colares, as pulseiras, os óculos e os bonés são os grandes aliados para eles.  Por isso, não deve haver medo em investir nessas peças, pois elas vieram para ficar.

Os homens também usam acessórios

3. Roupas clássicas são para sapatos clássicos e vice-versa

As roupas estão cada vez mais democráticas, e as combinações roupa-sapato também estão mais descontraídas, embora continue a haver muitas pessoas que seguem o mito de que roupa clássica obriga a calçado clássico. Colocar um vestido mais fino e elegante com um sapato mais desportivo, sabendo equilibrar os dois, não é um erro (pelo contrário) e deixa o look mais relaxado e trendy. Veja os exemplos que lhe mostramos.

As roupas clássicas também se usam com ténis

4. Brilho é para ser usado à noite 

O brilho é o novo básico. Não precisa de esperar pelo final de semana para usar uma blusa de lantejoulas, já a pode incluir sem preconceitos no seu dia a dia. Se o ambiente de trabalho é mais descontraído e permite isso, então, pode abusar. Fica mais giro quando a peça é combinada com camisas básicas ou tecidos menos nobres, ou uns jeans mais velhos.

Use brilhos durante o dia

Conteúdo produzido pela Magg Lab e patrocinado por:

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]