ModaLisboa. Cedi à tendência dos ganchos e adorei o resultado

Os ganchos no cabelo estão de volta. Vários, de um lado, de muitos modelos e feitios. Para quem gosta de acessórios, sigam estas sugestões.

Os ganchos para o cabelo tornaram-se, para mim, um must-have

Os ganchos no cabelo são uma tendência. Aliás, voltaram a ser uma tendência — lembro-me bem de andar de ganchinhos, em criança. É uma ótima opção para o dia a dia, quando não nos apetece fazer nada, mas queremos dar um toque diferente ao nosso look. Também pode ser perfeito para uma ocasião mais especial, adaptando a um penteado mais elaborado, por exemplo.

Achei então que, nesta edição da Moda Lisboa, já que iria estar com a equipa Jean Louis David no espaço que a L’Oréal Professionnel preparou para que todas as convidadas pudessem fazer penteados (como vos mostrei no último artigo), seria uma boa oportunidade para aplicar os ganchos, pedindo ajuda a bons profissionais (neste caso, ao atencioso e profissional Roberto, que tanta paciência teve comigo).

O hairstylist apostou num penteado estilo “Jessica Rabbit”: risca ao lado, o lado direito do cabelo mais levantado com uma ligeira altura e ondulação, e o lado esquerdo do cabelo mais colado por trás da orelha. E foi, aí mesmo, perto da orelha, que se encaixaram na perfeição os ganchos.

Levei vários, de modelos e cores diferentes, para fazer alguns testes. E para vos conseguir mostrar também diferentes opções. Na realidade, todas as lojas de acessórios (e até mesmo lojas de roupa) estão cheias de ganchos à venda (dourados, prateados, mate, brilhantes, com pérolas, com missangas, mais largos, mais finos,…).

Apesar de ter sido um penteado bem sofisticado, que encaixou neste evento de moda, também podemos usar estes ganchos de forma mais simples: um só gancho por cima de um rabo de cavalo, uma fila de ganchos todos iguais de um dos lados do cabelo (solto ou apanhado), ou levantado apenas a franja para um dos lados ou para trás e prender os ganchos aí mesmo,… é só preciso experimentar. Muito prático, simples, e vão arrasar.

Texto de Maggie, fotografia de Samuel Costa.
Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]