Novos autocarros da Carris têm entrada USB para carregar o telemóvel

A funcionalidade vai estar disponível nos novos autocarros da Carris. Alguns já circulam nas áreas mais congestionadas de Lisboa.

Todos os autocarros da Carris têm wifi a bordo e alguns passam também a ter entrada USB

O ano passado terminou com uma boa notícia para quem anda de transportes em Lisboa. A Carris investiu na aquisição de 250 novos autocarros, 15 deles a entrar em funcionamento ainda em dezembro.

Também nessa altura, foi feita uma alteração estrutural do equipamento — mesmo o antigo — e todos os autocarros da Carris passaram a disponibilizar rede wifi. Em fevereiro, foram feitas contas e, desde dezembro, já mais de 40 mil passageiros tinham usufruído da internet disponibilizada pela empresa municipal.

Foi com esta publicação que a Carris anunciou a novidade aos utilizadores

Agora, mais uma novidade. Os autocarros vão ter entradas USB para carregar o telemóvel. O anúncio foi feito através da página de Facebook da Carris, na qual a empresa publicou uma fotografia do equipamento com a mensagem: “’Fiquei sem bateria’ é uma frase que vão deixar de ouvir nos nossos novos autocarros. As tomadas USB já andam a bordo”.

A Câmara Municipal já explicou, na altura do lançamento da nova frota, que novos veículos vão reforçar as carreiras que atravessam zonas de congestionamento e com mais problemas de poluição, substituindo os autocarros antigos, alguns com mais de 20 anos.

Numa primeira fase, os autocarros articulados foram alocados às carreiras 728 (que faz o percurso entre o Restelo e a Portela), enquanto os de menor tamanho servem as carreiras 727 (entre Roma-Areeiro e o Restelo) e 732 (Marquês de Pombal-Caselas).

No futuro, os novos veículos articulados vão reforçar também a linha 736 (entre Odivelas e Cais do Sodré), e os “standard” poderão ser utilizados nas linhas 738 (Quinta Barros-Alto Santo Amaro) e 709 (Campo de Ourique-Restauradores).

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]