Ervanário considerado responsável pela morte de jovem diabético após substituir insulina por ervas

Homem considera a insulina "um veneno" e aconselhou a família do rapaz diabético de 13 anos a seguir um tratamento à base de ervas e óleos.

Timothy Morrow, um ervanário de 84 anos, foi considerado responsável pela morte de um adolescente de 13 anos após ter recomendado à sua família um tratamento à base de óleos essenciais e ervas para tratar a diabetes, em vez de usarem insulina, que ele considerava ser “um veneno”.

De acordo com o “Washington Post”, o jovem começou a ser tratado pelo ervanário após a sua mãe, Maria Madrigal, ter participado numa das suas aulas, em 2014. A família do jovem, que sofria de diabetes tipo 1, foi aconselhada por Morrow, dono da empresa Common Sense Herbs, a retirar a insulina do tratamento do jovem, pois esta era “veneno”, e a administrar um tratamento composto por ervas e óleo essencial de lavanda que o curaria da doença para a vida.

Devido à falta de insulina, a saúde do jovem começou a deteriorar-se pois perdeu imenso peso, não conseguia comer e tinha dificuldades em respirar. Preocupados com o estado de saúde do jovem, contactaram o ervanário que lhes garantiu que o rapaz estava a atravessar  uma “crise de cura”, aconselhando-os a não o levar ao hospital. “Ele disse que se o levássemos ao hospital, eles iriam matá-lo”, afirmou o pai do adolescente, Delfino Soliz, em tribunal, de acordo com o site norte-americano “IFLScience”.

O jovem acabou por morrer durante o mês de agosto de 2014. Segundo o comunicado da Procuradoria Geral norte-americana, “o médico-legista determinou que a vítima teria sobrevivido caso tivesse recebido o tratamento médico adequado” citou o site “IFLScience”.

De acordo com a CNN, Timothy Morrow condenado a 4 meses de prisão,a pagar um multa de 4 387€ e a suportar, na totalidade, os custos do funeral do jovem. O ervanário terá ainda de remover quaisquer conteúdos que promovam os seus tratamentos em detrimento de prescrições médicas. O tribunal californiano advertiu ainda que se Timothy Morrow fosse novamente implicado num caso semelhantes poderia vir a ser acusado de homicídio.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]