Três das maiores companhias aéreas do mundo admitiram que alguns dos seus aviões têm câmaras instaladas nas costas dos assentos dos passageiros. Nesta espécie de “Big Brother is watching you”, a American Airlines, a United Airlines e a Singapore Airlines foram as três companhias que se chegaram à frente para contar a história, mas existem outras companhias que podem estar a usar a mesma tecnologia.

Na prática, o ecrã que está instalado no banco da frente e que nos permite ter boas horas de filmes, séries, música e jogos, escondem também uma pequena câmara. No entanto, as três companhias admitem que, ainda que o sistema possa ser ativado a qualquer momento, nunca fizeram uso dele.

Aviões. As casas de banho estão a ficar demasiado pequenas para pessoas obesas?

O alerta foi dado recentemente quando um passageiro da Singapore Airlines publicou uma mensagem no Twitter com a foto daquilo que lhe pareceu ser uma câmara e pediu esclarecimentos à companhia aérea.

Nesta imagem partilhada pelo cliente, é possível ver a câmara instalada no ecrã

James Boyd, porta-voz da Singapore Airlines, explicou que as câmaras estão instaladas em 84 aviões Airbus A350, A380 e nos Boeing 777 e 787. Já o porta-voz da American Airlines adiantou que o sistema faz parte de 82 Boeing 777 e do Airbus A330-200. Ambas explicaram ainda que a instalação do equipamento faz parte do sistema de entretenimento dos fabricantes e que nunca foram utilizadas enquanto sistema de vigilância.

20 perguntas que sempre quis fazer a um piloto de avião

Vitaly Kamluk, o autor da fotografia que incitou à discussão, sugere então que a câmara seja tapada com uma fita adesiva uma vez que, ainda que as companhias admitam que não pretendem usá-las para vigiar os passageiros, facilmente um hacker consegue entrar no sistema e ativá-las.