Quando Audrey Hepburn interpretou Sabrina no filme homónimo em 1954, celebrizou a frase “Paris é sempre uma boa ideia”. Nada contra a cidade francesa, mas eu troco de bom grado a capital de França pelo Algarve nesta mítica citação.

No verão ou no inverno, só preciso que a chuva dê uma trégua. Confesso que adoro rumar a sul, e que a proximidade com o oceano me retempera as energias e me renova — e, com sorte, até umas duas horas numa esplanada com o sol algarvio a bater-me no rosto conseguem dar-me um ar um pouco mais saudável e menos fantasmagórico.

Mesmo em pleno mês de fevereiro, foi com muito agrado que fiz a mala e segui as indicações até ao Pine Cliffs Resort, em Albufeira, um empreendimento de cinco estrelas mesmo no topo da falésia, com o mar como vizinho do lado e, pela frente, um fim de semana com muito para descobrir.

O Pine Cliffs resort está edificado numa falésia, mesmo junto à praia

Do detox digital ao controle de peso: os novos programas do Serenity Spa

Esta não foi a primeira visita da MAGG ao Pine Cliffs Resort: no final de 2018, já tínhamos estado no resort para entrevistar Lúcia Ribeiro, a head chef do Mimo, uma escola de culinária muito especial.

Crítica. Fomos passar o fim de semana ao Tivoli Palácio de Seteais (e sentimo-nos reis e rainhas)

Desta vez, para além de conhecer as outras valências do resort e as incríveis Ocean Suites (as últimas tipologias de alojamento do hotel a serem inauguradas), o motivo da visita prendeu-se com o Serenity Spa e com os seus mais recentes programas de bem-estar, com várias ofertas disponíveis. Há soluções para quem quer perder peso e também para quem deseja um afastamento da tecnologia — sim, estamos a falar de um detox digital.

Assim que entro no Serenity Spa, sou recebida por Maria d’Orey, a diretora do spa, que me explica que a atenção ao cliente e ao detalhe é algo que marca este espaço, que celebra o seu terceiro aniversário no próximo mês de julho, e que este é feito, acima de tudo, de pessoas.

“Todas as pessoas que aqui trabalham fazem-no com muita paixão, com uma entrega diária. Ao todo são 17 profissionais, altamente qualificados, de diferentes áreas, da fisioterapia à nutrição, entre muitas outras”, conta Maria d’Orey, que não esconde o entusiasmo ao apresentar o Serenity.

Mas a novidade aqui são mesmo os cinco programas de bem-estar que incorporam serviços de fitness, nutrição, ioga, meditação, detox e muito mais. Todos têm como principal foco restaurar a vitalidade, promover um estilo de vida saudável a longo prazo e reequilibrar a alma, a mente e o corpo.

Os programas de bem-estar incluem sessões de treino

Inseridos em cinco categorias principais — Detox, Controlo de Peso, Yoga, Fitness Journey e Discover Serenity —, os programas apresentam uma abordagem holística, combinada com o exercício físico, nutrição e spa, sendo sempre orientados e personalizados para os resultados desejados. Dentro dos programas de Detox e Yoga existem outros dois programas mais específicos, uma espécie de sub-categorias, dedicados ao detox digital e à harmozição de chakras, respetivamente.

Tal como nos explica a diretora do Serenity, estes programas surgiram em 2018 como uma “ampliação do conceito” e também para “dar resposta” a quem procura este tipo de serviços.

“Temos cinco programas direcionados para diferentes necessidades, mas são adequados a todas as pessoas, e até os podemos fazer a todos. Se calhar a seguir ao Natal queremos fazer um Detox, lá para maio começamos a pensar num Fitness Journey para prepararmos o corpo para o verão”, explica Maria d’Orey, que não deixa de reforçar que mais que mudar o aspeto visual, o objetivo destes programas é a saúde. “Queremos tratar o cliente a todos os níveis e atingir um bem-estar emocional”.

De acordo com a diretora do spa, o programa mais popular entre os clientes é o Controlo de Peso, o único que foge à regra das três, cinco ou sete noites de alojamento, dado que tem de ser um programa obrigatoriamente mais extenso, “para os hóspedes conseguirem ver alguns resultados” — estes estão disponíveis nas tipologias de sete, dez ou 14 noites.

O objetivo é alcançar um estilo de vida saudável, de maneira sustentável e a longo prazo. Para tal, existe uma avaliação personalizada, uma consulta nutricional, sessões de treino pessoal e aulas de alongamentos assistidos, complementados por envolvimentos corporais modelantes, refirmantes e massagens adelgaçantes.

“Fazemos algo personalizado, temos de entender as motivações de cada pessoa que está connosco, bem como oferecer ferramentas para dar continuidade ao que fazemos aqui. Por exemplo, nem todas as profissões possibilitam que se coma de três em três horas, por isso adequamos tudo e ensinamos os clientes a ajustar as suas necessidades”, salienta Maria d’Orey, que também revela que há outros best-sellers no que diz respeito a estes novos programas de bem-estar.

A diretora do Serenity conta que o Detox Digital, o sub-programa na categoria de Detox, é um programa de duas noites que também tem tido um bom feedback: “São duas noites em que os hóspedes ficam desligados do mundo, e o telefone fica mesmo guardado num saco aqui no spa. A família é uma preocupação, mas no hotel estamos disponíveis 24 horas através do telefone fixo e podemos ser contactados. É algo libertador e muito pessoal. Já o programa de Yoga e Harmonização dos Chakras é um best-seller”.

E quem são os hóspedes que não resistem a estes programas? “São pessoas na faixa dos 40 anos, exceto em relação ao Fitness Journey, que diria que são mais na casa dos 30. A frequência está bem dividida entre clientes portugueses e estrangeiros — nacionais são mais mulheres, casais de amigas muitas vezes, enquanto temos mais casais internacionais”, responde Maria d’Orey.

O acesso oásis termal do spa é gratuito para todos os hóspedes das Ocean Suites

Shaun Fisher

Para além das atividades e dos tratamentos previstos, todos os programas incluem alojamento nas Ocean Suites, consultas de nutrição (à exceção dos programas de Yoga), acesso à zona termal do Serenity Spa (qualquer hóspede alojado nas Ocean Suites tem acesso gratuito ao spa; para os restantes, é requerida uma taxa de 30€ por pessoa) e refeições no Zest, o restaurante de comida saudável do resort — mesmo o pequeno-almoço, para escapar ao buffet delicioso, mas calórico, do Jardim Colonial.

Areia, alfarroba, cristais e até um pouco de claustrofobia

O tempo não abunda e tenho apenas um fim de semana para obter uma pequena antevisão do que são estes programas. O objetivo é desvendar um pouco do programa Discover Serenity, destinado ao bem-estar, onde a vertente spa está muito presente, bem como o toque algarvio — e um exemplo disso mesmo é o tratamento Sentir o Algarve.

Craveiral. O turismo rural onde há sempre estrelas no céu e pão quente na mesa

Incluído no programa Discover Serenity, mas também disponível a qualquer cliente que deseje usufruir do tratamento, este é um exclusivo do Serenity e procura dar aos hóspedes o melhor que a região algarvia tem para oferecer.

“A esfoliação é feita com areia aqui da praia, recolhida pela equipa todas as manhãs, e acrescentamos flor de sal da Ria Formosa para limpar a pele. De seguida, regeneramos e hidratamos com um envolvimento de alfarroba, e terminamos com uma massagem com óleos essenciais de laranja. Após o tratamento, o cliente pode ainda descontrair no jardim Serenity com um chá de erva-príncipe, também típica da região”, descreve Maria d’Orey.

A diretora do spa revela que os clientes “estrangeiros adoram o tratamento, e os portugueses ficam maravilhados ao perceberem as diferentes utilizações destas matérias-primas”.

Este foi o primeiro tratamento que experimentei, e confesso que não sabia ao que ia, sendo que tenho a memória de ter lido a palavra “massagem” no programa, e ter focado apenas e só nessa parte.

Quando a terapeuta me explicou que a dita massagem era apenas a parte final, e não o foco principal do tratamento de 80 minutos (com um custo de 180€), não fui muito hábil a esconder a minha tristeza e cheguei a afirmar ter escolhido mal. A outra Catarina presente na sala, a terapeuta, garantiu-me que fiz a escolha certa — e pouco depois de uma hora, dei-lhe razão.

Numa cama de água e ar, a esfoliação com areia e sal foi das melhores que já fiz, e quase que conseguia sentir toda a pele morta a abandonar o meu corpo. Na segunda fase do tratamento, o envolvimento com alfarroba, é difícil resistir a comer o produto, tal é o cheirinho característico do fruto.

Tenho de admitir que esta parte do ritual não é das mais confortáveis: depois de basicamente ser barrada com a pasta de alfarroba, a terapeuta envolve todo o meu corpo em celofane e retira o ar da cama.

Traduzindo por miúdos, sem o ar, o meu corpo desce na estrutura da cama, ficando mais perto do chão, e fico praticamente inserida na cama. Gostava de escapar ao paralelismo com uma caixa, sem tampa, mas é a melhor forma de descrever — e para quem tem um pouco de claustrofobia como eu, aguentar cerca de 10 minutos neste cenário não foi fácil, para além de começar a ficar com muito calor devido ao papel celofane.

Mas atenção, valeu tudo a pena. Depois de retirar a pasta de alfarroba com um rápido duche numa cabine inserida na própria sala de tratamento, dizer que a minha pele estava hidratada e suave é dizer pouco. E eu era uma excelente amostra, que andava a descurar muito os cuidados com a hidratação e tinha a pele bastante mais seca do que o habitual (as minhas colegas da MAGG que não me ouçam, sou uma autêntica nazi dos cremes, mas a preguiça e a falta de tempo de manhã afeta-nos a todas).

O óleo de laranja e a massagem são o toque final para relaxar, mas também para oferecer ainda mais hidratação e brilho à pele.

No dia seguinte, domingo, regressei ao Serenity já um pouco em ressaca por ter de abandonar o Algarve e regressar a Lisboa e ao trabalho. Mas não podia deixar o Pine Cliffs sem experimentar um tratamento bastante diferente daquilo a que estou habituada.

E foi assim que me entreguei nas mãos da terapeuta e usufrui do facial de cristais Ila, um ritual com a duração de 80 minutos (160€), que utiliza cristais e beneficia das suas vibrações para libertar a tensão e revitalizar a pele.

Estamos mesmo a falar de cristais autênticos, que substituem as mãos da terapeuta para nos massajar o rosto e aplicar os produtos, todos eles da marca Ila, uma das gamas que Maria d’Orey escolheu pessoalmente para utilizar no spa.

O resultado final é uma pele de bebé, revitalizada, hidratada, cuidada, e também consegui atingir um estado de total relaxamento. Sim, porque as massagens ao pescoço incluídas nestes ritual são de ir ao céu e voltar.

Crítica. Fomos dormir ao Macdonald Monchique (e não correu tudo bem)

Dormir com o som do oceano e ser a “Pretty Woman” por uma noite

Vamos esquecer-nos apenas por um segundo que Vivian, a personagem que Julia Roberts interpretou em 1990 no icónico filme “Pretty Woman”, era uma prostituta, e focar-nos apenas naquela cena onde recebe bandejas repletas da sua comida preferida na suite do hotel e as desfruta num felpudo e confortável roupão, com direito a espumante e tudo.

O cenário sempre foi algo que quis recriar e, não me perguntem porquê, sempre associei o conceito de room-service a comida deliciosa e quentinha. Sei que em muitos casos as opções deste tipo de serviços são limitadas e nem sempre as melhores, mas nunca ninguém me tirou da ideia a vontade de experimentar.

As minhas preces foram ouvidas e o útil juntou-se ao agradável. Apesar de o Pine Cliffs Resort disponibilizar 11 restaurantes com bastante variedade, em época baixa, nem todos estão a funcionar, até porque muitos são sazonais e mais direcionados ao tempo quente. Com o Zest, o Corda Café e a Clubhouse disponíveis (um espaço junto ao campo de golfe, onde a carta é composta maioritariamente por sanduíches, hambúrgueres e outros snacks), e para que não repetisse nenhum, foi-me proposto que o jantar de sexta-feira à noite fosse servido em room-service — e toda eu fiquei aos pulos interiormente com a minha oportunidade de ser Vivian por uma noite.

À chegada ao quarto, uma Ocean Suite com um quarto, sala, kitchenette e varanda, encontrei uma garrafa de espumante e morangos cobertos com chocolate à minha espera, bem como uma suite ampla, bem decorada, e uma banheira que ainda hoje guardo na memória.

Estão a ver aquela banheira? Ainda não a conseguimos esquecer (mas as portas fecham caso queira privacidade)

Depois do pedido feito, incluindo sopa, entradas e sobremesa, não passou sequer meia hora antes de o mesmo me ser entregue à porta. O robalo estava grelhado no ponto e super fresco, o bife do lombo mal passado suculento e tão tenro que quase não era preciso cortar. Tal como este hotel, o serviço de room-service leva as cinco estrelas, ou não tivesse sido o jantar acompanhado pelo som do oceano, mesmo ali ao lado.

Durante o resto da minha estadia, tive ainda oportunidade de experimentar o Zest, que para além de ser o parceiro de todos os programas de bem-estar, também é um espaço que, não deixando de oferecer refeições saudáveis, prima pela qualidade e pelo sabor.

Rendi-me a bife de atum fresco grelhado com puré de batata doce e, caso não soubesse, nunca diria que este era um prato com poucas calorias. A decoração em tons de verde, atual e alegre, também nos pisca o olho e entendemos o porquê de este ser um restaurante bastante popular no resort.

4 fotos

O jantar de sábado decorreu no Corda Café, um restaurante para miúdos e graúdos, com uma esplanada incrível para os dias de sol, bem na praça central do Pine Cliffs — e está aberto durante todo o dia, para que possa petiscar ou beber algo sempre que lhe apetecer.

Com bastante variedade no que toca à carta, há pizzas, pastas e bifes, mas também pratos de peixe e sugestões do chef, como as costeletas de borrego com molho de menta que experimentámos.

Ainda antes de deixar para trás este cheirinho a férias e entrar na Via do Infante para começar a viagem de regresso, não resisti a dar um pulo à praia, só para aproveitar o percurso no elevador panorâmico que dá acesso à mesma e ainda fornece material de qualidade para as stories do Instagram.

Para trás ficou o Algarve, com o meu coração — até porque para mim, é sempre uma boa ideia.

Os programas de bem-estar, com alojamento e refeições, começam nos 770€ por pessoa. Os preços por noite nas Ocean Suites (tipologia T1), nesta época do ano, são a partir dos 220€.

A MAGG ficou alojada a convite do Pine Cliffs Resort.