Médico alerta: devemos tirar o verniz das unhas antes de ir dormir

O verniz é comparado a fast-food. "É rápido, conveniente e apelativo, mas só faz mal", alerta o médico das estrelas Bastien Gonzalez.

Bastien Gonzalez desenvolveu um método para tratar as unhas em que não usa água e o resultado são unhas saudáveis e brilhantes

O verniz veio dar uma nova vida às nossas mãos. Colorido, mais escuro ou em tons nude, são poucas as mulheres que não gostam de usá-lo. Agora, com as técnicas de verniz gel ou gelinho, a nossa vida ficou muito mais facilitada – as unhas aguentam durante duas ou três semanas, impecáveis como se tivessem acabado de ser pintadas.

Mas há quem diga que todo este processo faz mal. E mais, que deve retirar qualquer vestígio de verniz sempre que vai para a cama. O médico podologista das estrelas, Bastien Gonzalez alerta: “Como a maquilhagem, que é retirada todos os dias antes de dormir, o verniz também o deveria ser”.

Numa conversa com a jornalista Sarah Vine, o médico alerta que existem demasiados riscos associados ao uso de verniz. Primeiro, estão as luzes UV que servem para secar o verniz gel. Na melhor das hipóteses causam envelhecimento precoce da pele, na pior das podem ser agentes causadores de cancro. O médico de estrelas como Gwyneth Paltrow ou Robert DeNiro alega que estas luzes podem “causar tantos danos como um solário”.

Para além destes riscos, existe também o perigo de a unha absorver químicos prejudiciais ou contrair uma infeção fruto do longo período em que os produtos estão em contacto com a unha. O processo de remoção também não ajuda – contribui para o enfraquecimento da unha e, quando mal feito, pode danificar a base da mesma.

Por todas estas razões o médico alerta: “O verniz é como a fast-food — rápido, conveniente e apelativo, mas só faz mal”. Como conselho é dito que deve apenas utilizá-lo uma ou outra vez, como exceção e não a regra. “Como um belo vestido ou uns belos sapatos, o verniz deve ser usado numa ocasião especial e retirá-lo de seguida. O resto do tempo a unha fica natural e saudável”, remata Bastien Gonzalez.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]