“Estávamos à procura de um fora de série, comprámos um rei”. O cântico viciante sobre Ronaldo

O hino foi criado pelos adeptos da Juventus, o clube onde Cristiano Ronaldo joga desde 2018 depois de ter deixado o Real Madrid.

Cristiano Ronaldo tem a oportunidade de levar a Juventus a conquistar, pela primeira vez, oito campeonatos seguidos

Getty Images

Foi em julho de 2018 que Cristiano Ronaldo trocou Espanha por Itália, ao assinar pela Juventus depois de oito anos ao serviço do Real Madrid. E parece que o jogador já conquistou os adeptos italianos, a julgar pelo mais recente vídeo que começou a ser partilhado nas redes sociais e que depressa se tornou viral.

O vídeo, que começou a circular no Instagram e no YouTube na terça-feira, 12 de fevereiro, mostra um adepto eufórico a elogiar Cristiano Ronaldo depois de mais uma vitória do clube Italiano no domingo, 10.

Nesse jogo, a Juventus defrontou e venceu o Sassuolo (atualmente em 11.ª lugar na tabela qualificativa da Série A, a liga italiana) por 3-0.

O hino, que se especula que tenha sido criado pelos adeptos ultra do clube, já começou a ser utilizado pelos fãs nos jogos.

A letra associa Cristiano Ronaldo à figura de um rei e refere o seu “remate tão forte” que é capaz de atravessar balizas e deixar qualquer guarda-redes incrédulo e sem capacidade de reação.

“Estávamos à procura de um fora de série, comprámos um rei com um remate tão forte que atravessa balizas. Tem o sete nas costas e de camisola bianconera [preto e branco, tal como a camisola do equipamento principal da Juventus] o sonho torna-se realidade, Cristiano da Madeira”, é a tradução possível da canção interpretada pelo adepto na gravação.

O sonho a que a letra se refere é o de a Juventus ter a possibilidade de, pela primeira vez na história do clube, se poder tornar octocampeã — já que desde 2011 que é a grande vencedora da Liga Italiana.

Apesar de o clipe de vídeo ter apenas 20 segundos, são vários os utilizadores das redes sociais que referem já o ter ouvido mais do que uma vez por ser um “cântico tão curto, viciante e divertido.”

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]