Quantos amigos vossos ouvem a queixar-se de dores nas costas? Eu sofro desse mal e posso dizer-vos que muitas amigas minhas também. Mas somos tão novos, ainda temos tanto para viver. Normalmente são sempre os mais velhos a queixarem-se destes males, mas parece que os papéis se estão a inverter. E a explicação é bastante simples e a minha fisioterapeuta, Liliana Mendes, confirmou as minhas suspeitas.

Os dias são dedicados aos respetivos empregos, o que para muita gente é sinónimo de horas a fio sentada. Inevitavelmente a postura vai piorando, o que, explicou-me a Liliana, vai sobrecarregando a nossa coluna vertebral e a nossa bacia. Porém, existem outros fatores. Estamos constantemente vidrados nos ecrãs dos smartphones, sempre com a cabeça virada para baixo. E, aos poucos, sem nos apercebermos, estamos a provocar alterações estruturais no nosso corpo, o que traz obviamente dores, peso e encurtamentos musculares como brinde.

Quero mostrar-vos as dicas da minha nutricionista

Como eu luto diariamente contra as minhas dores nas costas, perguntei à Liliana pequenos truques e conselhos que podemos praticar no nosso dia a dia para minimizar estes problemas. Estes são os seis principais.

  1. Descobrir uma postura correta para se estar sentado. Esqueçam as pernas cruzadas, ou as pernas à chinês, ou uma das pernas por baixo do rabiosque. Os braços devem estar apoiados na secretária e fazer um ângulo de 90 graus com o ombro. Também os joelhos devem estar a 90 graus com a anca. Às vezes a solução é colocar um banquinho por baixo dos pés. 

    Inspiresaude

  2. Se passam o dia ao computador, o ecrã deve estar à altura do olhar e os pés devem estar apoiados no chão– não pendurados no ar.
  3. Apesar de serem todos importantes, esta é uma dica que eu considero essencial. Levantem-se de meia em meia hora, para dar alguns passos e ao mesmo tempo estiquem-se. O corpo não pode estar muito tempo na mesma posição e precisam de aliviar a pressão exercida na vossa coluna e bacia.
  4. Se ainda não o fazem, o ideal é praticar exercício físico, pelo menos duas vezes por semana. Descubram aquilo que mais gostam de fazer e, se fazem ginásio, não se foquem apenas nas aulas de grupo. É importante fortalecerem os vossos músculos abdominais, para reduzirem a força exercida nos vossos músculos lombares.
  5. Alonguem-se, muito. Principalmente ao final do dia para reduzirem o excesso de tensão que vão criando ao longo do vosso dia de trabalho.
  6. Por último, se tiverem oportunidade, apostem numa massagem terapêutica. Se não conhecem ninguém de confiança, recomendo-vos a Liliana. Uma vez por mês é o suficiente, não tem de ser uma vez por semana. O objetivo é reduzirem a tensão muscular acumulada, de forma a evitar as contraturas e ir corrigindo as posturas incorretas.

Gabinete de fisioterapia da Liliana Mendes

Mostrar Esconder

Morada: Rua de Alcântara, 22, 1ºandar, 1300-026 Lisboa
Telefone: 916826322
Email: [email protected]
Site: www.lilianamendes.com