Kelsey Grammer diz que o clássico “Frasier” vai mesmo voltar — mas com grandes mudanças

O ator confirmou que os planos para o retorno da sitcom da década de 1990 estão a avançar.

"Frasier" estreou em 1993

A clássica sitcom “Frasier” estreou em 1993 e abandonou os fãs em 2004, após a 11.ª e última temporada. A série de comédia, transmitida pela NBC, deixou saudades, mas o anúncio de uma sequela fez-nos respirar fundo outra vez. Esta quinta-feira, 14 de fevereiro, Kelsey Grammer avançou com mais novidades. O ator confirmou que o projeto está a avançar, com um grupo de escritores a trabalhar neste momento numa nova versão. E que vêm aí mudanças.

Frasier Crane, interpretado por Kelsey Grammer, não vai ser o mesmo. No programa “The Late Late Show com James Corden”, o ator confessou que “o primeiro princípio é que é uma história diferente”, ou seja, trata-se do “mesmo grupo de personagens, mas com uma configuração diferente. Algo mudou nas suas vidas”, acrescenta.

O ator disse ainda que espera que “a série ande para a frente, tornando-se no terceiro ato de ‘Frasier’.” “Ele passou pelo programa de rádio”, acrescentou Grammer, relativamente à sua personagem. “Ele pode ser um negociante de arte. Ele pode ser professor. Não sabemos ainda.”

Na série original, um spin-off de “Cheers“, Frasier era locutor de rádio.

Grammer disse ainda que a sua personagem poderá estar ainda a morar em Chicago, para onde se mudou no final do último episódio da série, deixando o ambiente familiar de Seattle, cenário principal da sitcom. O ator mencionou ainda a morte do ator que fez de seu pai, acrescentando: “John Mahoney morreu há mais de um ano e provavelmente ainda lidaremos com essa perda”.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]