Dez anos depois de um afastamento gradual e sem explicação, quatro amigos reencontram-se e decidem voltar a renascer a banda de música que mantinham enquanto adolescentes e que os ajudava a lidar com o mundo. No entanto, uma década é tempo suficiente para pôr à prova qualquer relação. O tempo passou, cada um cresceu e mudou a sua forma de pensar e de olhar para as coisas.

Uma relação que antes era pacífica e natural deu lugar à discórdia e à estranheza pelo facto de sentirem que já não se conhecem verdadeiramente. Quando isso acontece, é possível salvar uma amizade? E a que custo?

É este o ponto de partida de “Elastic”, a nova peça que se vai manter em cena no Teatro Ibérico, em Lisboa, entre esta quinta-feira, 14 de fevereiro, e até domingo, 17. Criada e encenada por João de Brito, a peça junta os atores Inês Monstro, Luís Simões, Diogo Valsassina, Jorge Albuquerque e contou ainda com uma curadoria musical realizada por Paulo Furtado ou The Legendary Tigerman.

Exposição. Ossadas verdadeiras de T-rex chegam pela primeira (e última) vez a Portugal

À MAGG, Diogo Valsassina revela que o tema fundamental de “Elastic” é a amizade ou, mais especificamente, a dificuldade em mantê-la passado tantos anos e tantas mudanças.

“Queremos mostrar o quão difícil é voltar ao sítio de onde somos e às pessoas que fomos anos antes, ou como é ter de deixar tudo o que nos é querido para trás para seguir um sonho”, revela o ator de 32 anos.

Para o espetáculo, Valsassina promete uma experiência muito diferente do habitual que lhe permitiu não só crescer enquanto ator, mas também descobrir novas formas de representar que julgava não existirem.

Quem são os The Portuguese Kids, os “miúdos” que estão a fazer sucesso na comédia

“Nesta peça podemos esperar a poesia a transformar-se em prosa e a música a transformar-se em poesia. É interessante tentar perceber como é que estes quatro amigos vão lidar com a distância e com o silêncio que é tão grande e tão forte. E talvez por esta tenha sido uma experiência incrível para mim e muito diferente daquela que tive anteriormente”, continuou.

Os bilhetes para o espetáculo já estão à venda através da Ticketline e custam 10€. “Elastic” tem início marcado para as 21h30, exceto ao domingo, onde vai começar às 16 horas.