Volume, pedraria e pouco bom senso. Assim foi a passadeira vermelha em noite de Grammys

Lady Gaga continua a surpreender. Entre as mais mal vestidas estão Kylie Jenner e Cardi B, que desfilou com um fato carnavalesco.

Os decotes também estiveram em destaque na 61.ª edição dos Grammys

A época dos prémios está aberta e não faltam cerimónias a distinguir filmes, atores, músicas ou cantores. A última aconteceu na madrugada de segunda-feira, 11 de fevereiro, em Los Angeles, mais precisamente no Staples Center.

A cerimónia dos Grammys foi apresentada pela cantora Alicia Keys que trocou de outfit várias vezes durante a noite. Este ano o prémio MusicCares Person of the Year foi dado a Dolly Parton, a célebre cantora de música country.

Mas quase tão importante quanto a cerimónia em si, é a passadeira vermelha, por onde passam cantores, atores e celebridades em geral. Os looks são analisados ao pormenor por quem percebe do assunto e daí saem as mais bem vestidas da noite.

Em dia de celebrar o que de melhor se faz na música, o bom gosto ficou em casa e a passadeira vermelha transformou-se num desfile de criações duvidosas onde o volume, os folhos e a pedraria foram uma constante. O vermelho e o branco foram as cores da noite, mas também houve uns salpicos de cor-de-rosa claro.

Numa noite em que os coordenados maus ganharam aos bons, quem venceu foi a sobriedade — Miley Cyrus com um smoking preto está na lista das mais bem vestidas. Lady Gaga também figura nos primeiros lugares com um vestido que podia parecer uma folha de alumínio mas que, de alguma forma, funcionou.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]