Meghan Markle. Amiga diz que duquesa é muito próxima de Deus

É a garantia de uma das melhores amigas da ex-atriz, que aproveitou ainda para desmentir os rumores sobre a igreja no dia do casamento real.

Meghan foi batizada na Igreja da Inglaterra

Meghan Markle sempre manteve as suas crenças religiosas como um tema da sua intimidade. No entanto, parece que a duquesa tem uma ligação muito próxima com Deus. Quem o diz é uma das suas cinco melhores amigas, que deram uma entrevista (anónima) à revista “People” a 6 de fevereiro.

No seguimento dos rumores sobre o mau feitio da atriz, a má relação com os cunhados e os despedimentos consecutivos das assistentes, as amigas decidiram sair em defesa de Meghan Markle. A duquesa de Sussex, batizada na Igreja da Inglaterra, reza regularmente, sendo uma “verdadeira crente”, disse uma das amigas.“Rezamos muito juntas. Meditamos. Ela teve — e tem, especialmente agora —, um relacionamento muito próximo com Deus”, confessa.

A amiga acrescenta ainda: “Podemos ser mulheres modernas, e sentir todas as sensações com o feminismo, ser mães e esposas fortes, mas entender que o nosso relacionamento com Deus é essencial”.

Durante a entrevista, a mesma amiga acabou com os rumores de que Meghan Markle tinha insistido para que a Capela de St. George fosse borrifada com purificadores de ar antes do casamento. E respondeu: “Eu não consigo pensar em nada mais ridículo. Se as pessoas soubessem como ela é espiritual e quão séria e respeitosamente se relaciona com Deus — ela nunca pediria algo assim.”

A mesma fonte defendeu ainda a duquesa, dizendo que esta não dá importância ao que as pessoas pensam, pois “realmente vive no presente, e quando se faz isso, não há medo”, termina uma das melhores amigas da ex-atriz de “Suits“.

A amiga lembrou ainda que, enquanto muitos de nós saímos para tomar café, almoçar ou fazer compras, Harry e Meghan estão “muito amarrados” e salienta que o estilo de vida de Meghan Markle pode ser “muito solitário”.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]