Segundo David Benioff, produtor da série de sucesso internacional “A Guerra dos Tronos”, foram precisos “quatro anos” para criar o episódio piloto da série da HBO. No processo de criação, foram várias as ideias que surgiram para o seu enredo — umas ficaram, outras nem por isso. Agora, foram revelados detalhes sobre as primeiras ideias para os momentos iniciais da trama.

Ao longo dos anos foram várias as tentativas de encontrar o primeiro roteiro de “A Guerra dos Tronos”. Um jornalista do “The Huffington Post” teve finalmente acesso ao documento, que estaria guardado na Cushing Memorial Library, livraria da universidade do Texas A&M regularmente frequentada por George R.R. Martin.

Com a narrativa que consta no roteiro agora revelado, as ideias inicias levariam não só a momentos de ação diferentes mas também a implicações nas personalidades das personagens. Consta que, contrariamente aos valores familiares que sempre regeram os comportamentos de Catelyn Stark, a mesma estaria disposta a incentivar um comportamento incestuoso para levar a filha, Sansa Stark ao trono. Como? Casando-a com o pai, Ned Stark.

Isto é tudo o que já se sabe sobre o final de “A Guerra dos Tronos”

Icónica é também a cena em que Cersei e Jaime são apanhados a ter relações sexuais por Bran Stark, que acaba empurrado pela janela. No guião original, a descrição da relação entre os irmãos Lannister é muito mais perturbadora e violenta, indicando um abuso por parte de Jaime.

Outras alterações incluem a introdução dos White Walkers como tendo uma língua própria, apelidada de Skroth, um primeiro envolvimento sexual entre Daenerys e Drogo consensual e o primeiro banquete em Winterfell marcado por um Jon Snow alcoolizado.

“A Guerra dos Tronos” conta com um total de oito temporadas, estando sete delas já disponíveis. A oitava e última temporada da série norte-americana estreia a 14 de abril.