A série da RTP1 “Conta-me Como Foi” vai voltar com uma nova temporada. A família em que se centra a narrativa será a mesma, mas com um salto temporal de duas décadas — a história deixa de se decorrer na época do Estado Novo e passa agora a acontecer nos anos 80, período pós-revolucionário.

Carlitos, agora com 20 anos, continuará a ser interpretado pelo ator Luís Ganito, o narrador da história. É ele que vai mostrar como é que se vivia em Portugal naquele tempo, em que se dá o acordar do amor livre, do rock&roll e do consumo de drogas. A visita do Papa João Paulo II a Portugal, a entrada na CEE e a chegada da televisão a cores também serão momentos históricos incluídos no programa.

Rita Blanco e Miguel Guilherme vão continuar a vestir a pele dos personagens principais, António e Margarida, os pais da família Lopes em que se centra a acção da série.

A notícia foi avançada pela “TV Guia”, que teve acesso ao Plano de Atividades e Orçamento 2019 da RTP, que dá conta da retoma da produção do programa. O canal, no entanto, ainda não fez nenhuma declaração sobre o assunto.

“Conta-me Como Foi” foi transmitido entre 2007 e 2011. Teve cinco temporadas e mais de 100 episódios, que retrataram o país entre o final da década de 60 e de 70. Ainda não há data de estreia prevista para a nova temporada.