Sam Lloyd. Ator de “Scrubs” diagnosticado com cancro do pulmão e tumor cerebral

Sam Lloyd foi diagnosticado com cancro do pulmão, apenas algumas semanas depois de ser pai pela primeira vez.

Ator interpretava Ted Buckland na série "Scrubs"

GettyImages

Depois de nove temporadas e 182 episódios, há personagens que não se esquecem. “Scrubs” — “Médicos Estagiários” estreou em 2001 e uma das personagens mais icónicas era Ted Buckland, advogado de Sacred Heart, interpretado pelo ator Sam Lloyd.

Aos 55 anos, Lloyd foi diagnosticado com cancro do pulmão, poucas semanas depois de ter sido pai pela primeira vez. Os ex-colegas de “Scrubs” estão agora a tentar arranjar dinheiro para os tratamentos médicos de Lloyd, através de uma campanha do GoFundMe, liderada pelo produtor executivo Tim Holbert e pela sua mulher, Jill Tracey. Isto porque quer o ator quer a mulher terão de parar com as carreiras para se dedicarem em exclusivo aos tratamentos médicos.

Na página de angariação de fundos é possível ficar a saber que Sam Lloyd foi diagnosticado em janeiro. O ator terá começado a sentir dores de cabeça, e, em muito pouco tempo, perdeu cerca de dez quilos. Inicialmente justificou essa perda de peso com a agenda lotada e com muitas noites sem dormir, a cuidar do filho recém-nascido. Depois de ir ao médico, uma tomografia computadorizada revelou um tumor no cérebro.

Os médicos ordenaram cirurgia imediata para remover o tumor, mas descobriram que o cancro se tinha espalhado para os pulmões, espinha, mandíbula, fígado e cérebro. Apesar disso, segundo a página do GoFundMe, o ator está a manter uma atitude positiva.

GoFundMe

A página de angariação de fundos está a pedir cerca de 88 mil euros para cobrir despesas médicas e de assistência a crianças, de maneira a ajudar o ator Sam Lloyd e a mulher Vanessa. Devido ao sucedido, os dois vão ter de parar as suas carreiras, pelo menos, por agora. O apelo dos colegas corre no Twiiter.

Aqui pode rever algumas cenas de Sam Lloyd, na série “Scrubs”.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]