Com cocktails, um jantar, leilões ao vivo e apresentações musicais, há muito que a gala amfAR, que decorreu em Nova Iorque esta quarta-feira, 6 de fevereiro, se tornou um evento a ter em conta durante a award season. A cerimónia que homenageia indivíduos que contribuíram de forma notável para a luta contra o HIV é também considerada uma abertura não oficial da Semana da Moda de Nova Iorque, agendada para esta quinta-feira, 7.

Nova Iorque, Milão, Los Angeles e Hong Kong são apenas algumas das cidades que já receberam o evento. Ao longo dos anos, a gala passou a atrair cada vez mais personalidades relevantes das indústrias do entretenimento, moda, arte e defesa contra o vírus HIV. Contabilizando apenas as galas sediadas na cidade norte-americana, a fundação amfAR conseguiu arrecadar, até aos dias de hoje, cerca de 19 milhões de euros.

Um mês de Cristina Ferreira e Maria Cerqueira Gomes. Quem ganha no duelo do estilo?

Seguindo a direção das primeiras red carpets internacionais de 2019, o preto foi escolha maioritária das figuras que desfilaram pela passadeira vermelha que antecedeu o início do evento. As transparências, os brilhos e os decotes pronunciados fizeram deste um desfile de celebridades onde o clássico e a sensualidade foram a principal combinação.

Descubra os looks que chamaram mais à atenção na gala amfAR.

24 fotos