Conheça os monumentos que vão estar iluminados no Dia Mundial do Cancro

Azul e cor de laranja. Foram estas as tonalidades escolhidas para iluminar estátuas e palácios em todo o mundo.

Estátua D.José I é um dos edifícios que vai estar iluminado

Flickr

Azul e cor de laranja foram as tonalidades escolhidas para iluminar edifícios um pouco por todo o mundo, esta segunda-feira, 4 de fevereiro. Naquele que é assinalado como o Dia Mundial do Cancro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) pretende reforçar a importância da adoção de hábitos de vida saudáveis.

Em Lisboa, a estátua D.José I, no Terreiro do Paço, vai estar iluminada entre as 17h30 e a meia-noite. O Palácio Nacional da Ajuda também vai exibir as cores da campanha “Eu Sou e Eu Vou”, entre as 17h30 e as 6 horas da manhã.

IPO lança portal

O IPO lançou esta segunda-feira, 4 de fevereiro, um portal de internet que pretende dar resposta a necessidades identificadas pelos doentes cancerígenos e pelo público,  reforçando a ligação a outras unidades de saúde.

O IPO Lisboa lançou também um novo logótipo, concebido no âmbito de um projeto de modernização da imagem do instituto.

“Neste dia em que o desafio é lançado a todos e a cada um individualmente, a Liga pretende mobilizar os portugueses a tomar uma atitude mais consciente ao nível do rastreio e do diagnóstico precoce como forma de salvar vidas”, disse à revista “Visão” Vítor Rodrigues, presidente da LPCC.

Na Jordânia, o Petra’s Treasury já se iluminou com as cores da campanha.

Petra's Treasury, Petra, Jordânia

Segundo dados do Observatório Global de Cancro (Globocan, 2018), no ano passado morreram em Portugal, vítimas da doença, 79 pessoas por dia, o que equivale a três pessoas por hora. A previsão para 2040 é de um aumento de 31% da mortalidade.

No ano passado, cinco milhões de casos no mundo poderiam ter sido detetados mais cedo e tratados eficazmente, segundo a União Internacional de Controlo do Cancro.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]